Diferenças entre edições de "Obelisco do Elefante"

12 bytes adicionados ,  02h00min de 23 de junho de 2015
sem resumo de edição
| museu = ''[[Piazza della Minerva]]''
}}
'''Obelisco do Elefante''' ({{lang-it|''Obelisco della Minerva''}} ou ''Pulcin della Minerva'') é uma escultura projetada pelo artista italiano [[Gian Lorenzo Bernini]] localizada em [[Roma]], [[Itália]]. O elefante foi provavelmente executado por seu assistente [[Ercole Ferrata]] e o [[obelisco]] é um antigo monumento [[Egito Antigo|egípcio]] encontrado no [[claustro]] do convento [[dominicanos|dominicano]] nas imediações<ref>Heckscher, W. Bernini's Elephant and Obelisk, ''Art Bulletin'', XXIX, 1947, p. 155.</ref>. A obra foi entregue em fevereiro de 1667 e instalada na ''[[Piazza della Minerva]]'', bem em frente a ''[[Santa Maria sopra Minerva]]'', onde ainda está.
 
A imagem possivelmente é uma referência à ''"[[Hypnerotomachia Polyphili]]"'' de 1499. Vários desenhos preparatórios feitos por Bernini ainda existem. Uma versão, no [[Castelo de Windsor]], foi feita provavelmente na década de 1630, quando o [[cardeal]] [[Francesco Barberini (1597-1679)|Francesco Barberini]] demonstrou interesse em colocar um obelisco egípcio em frente ao palácio de sua família, o ''[[Palazzo Barberini]]''. Nada resultou deste projeto, mas Bernini reviveu a ideia na década de 1660, quando o [[papa Alexandre VII]], Fabio Chigi, revelou que queria um monumento similar depois de outro obelisco egípcio ter sido descoberto.
198 339

edições