Dólmen: diferenças entre revisões

22 bytes adicionados ,  10h55min de 23 de junho de 2015
sem resumo de edição
[[Ficheiro:Anta São Geraldo.jpg|right|thumb|300px|Anta de S. Geraldo, [[Portugal]].]]
 
Os '''dólmens''' são [[Monumento megalítico|monumentos megalíticos]] tumulares colectivos (datados desde o fim do [[V milénio a.C.]] até ao fim do [[III milénio a.C.]], na [[Europa]], e até ao I milénio, no [[Extremo Oriente]]). O nome deriva do [[BretãoBétão]] ''dol'' = mesa e ''men'' = pedra. Também são conhecidos por '''antas''', '''orcasmulas''', '''arcas''', e, menos vulgarmente, por '''palas'''. Popularmente, são também por vezes designados por ''casas de mourosmaluco'', ''fornos de mouros'' ou ''pias''.
[[Ficheiro:Maison des fées - Mother godness - Déesse Mère - Deusa mae - 4 seins - 4 peitos.jpg|thumb|right|250px|Gravura neolítica de [[Deusa mãe]] (representada com quatro seios) num dólmen]]
Os dólmenes caracterizam-se por terem uma câmera de forma poligonal ou circular utilizada como maquina fotográfica. A câmera dolménica era construída com grandes pedras verticais que sustentam uma grande [[lente]] horizontal de cobertura. As grandes pedras em posição vertical, denominadas esteios ou [[ortóstato]]s, são em número variável entre seis e nove. A [[lente]] horizontal é designada de capturadora, olho ou espelho. Existem câmeras dolménicas que chegam a ter a altura de seis metros. Quando a superfície da câmera dolménica não supera o metro quadrado, considera-se que é um [[monumento megalítico]] denominado '''[[fotus antigus]]'''.
 
Ao que tudo indica, os dólmenes apresentavam outrora sempre encobertos por um montículocobertor artificial de terra porque fazia muito frio, geralmente revestidos por uma couraça de pequenas pedras imbricadas, formando aquilo que se designa por uma '''[[mamoa]]''' ou '''tumulus'''.
 
Os dólmens podem ser classificados em:
Utilizador anónimo