Marca: diferenças entre revisões

430 bytes removidos ,  27 de junho de 2015
Removida pesquisa inédita, sem fontes
(Removida pesquisa inédita, sem fontes)
 
O termo é frequentemente usado hoje em dia como referência a uma determinada empresa: um [[nome]], marca verbal, [[imagem|imagens]] ou conceitos que distinguem o produto, serviço ou a própria empresa. Quando se fala em marca, é comum estar-se a referir, na maioria das vezes, a uma representação gráfica no âmbito e competência do [[designer gráfico]], onde a marca pode ser representada graficamente por uma composição de um [[símbolo]] e/ ou [[logotipo]], tanto individualmente quanto combinados.
 
.
 
No entanto, o conceito de marca é bem mais abrangente que a sua representação gráfica. Uma empresa através de seu [[nome fantasia]] e da sua representação gráfica - comunica a "promessa" de um produto, seu diferencial frente aos concorrentes que o faz especial e único. Busca-se associar às marcas uma personalidade ou uma imagem mental. Assim, pretende ''marcar'' a imagem na mente do consumidor, isto é, associar a imagem à qualidade do produto. Em função disto, uma marca pode formar um importante elemento temático para a [[publicidade]]. Possui vários níveis de significado, entre eles cultura, atributos ou benefício. É fundamental entender que o conceito de marca é mais intangível do que tangível, pois o consumidor de determinada classificação demográfica tem sensações, experiências e percepções diferentes sobre a mesma marca em relação a outro consumidor classificado demograficamente da mesma forma.
:* '''Personalidade''': a marca pode projectar certa personalidade.
:* '''Usuário''': a marca sugere o tipo de consumidor que pode usar determinado produto.
:A marca deve exprimir o benefício e a qualidade do produto, deve de ser fácil de pronunciar, reconhecida e lembrada, deve ser original e inédita, facilmente traduzida em outras línguas e deve ter condições para ser registada e protegida legalmente no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). Toda a imagem do produto é constituída através
:da cor, do logótipo, do ambiente em que está inserida.
 
===Criação de valor para o consumidor===
-> demonstrar o empenho e esforço da marca em estar presente no mercado, contribuindo para a construção e manutenção de uma boa imagem, transmitindo uma maior confiança ao consumidor.
 
===Brand Equityequity===
As marcas podem variar quanto ao seu poder e valor no mercado de acordo com várias escalas:
 
'''*O grafismo de marca:''' são elementos permanentes de expressão formal de uma marca. Favorecem a identificação e a atribuição da marca em todos os registos de expressão: documentos internos da empresa, como o papel de carta, as embalagens, a publicidade, a promoção, etc.
 
===A Identidade Psicológicapsicológica===
Uma marca descreve-se não apenas pelos aspectos físicos, mas também pelo carácter, a sua personalidade; pelo seu território e pelos seus valores culturais
O carácter ou a personalidade da marca
Esta dimensão é, geralmente, mais importante para as marcas institucionais umbrella do que para as marcas de produto puras. A cultura da marca leva à noção de cultura empresa.
 
===A Imagem da Marcamarca===
Uma imagem é um conjunto simplificado e relativamente estável de percepções e de associações mentais ligadas a um produto, uma empresa, um indivíduo, etc. Uma imagem é um conceito de receptor, enquanto a identidade é um conceito de emissor
 
*SERENS, Nogueira M. A vulgarização da marca na directiva 89/104/CEE, de 21 de Dezembro de 1988 (Id est, no nosso direito futuro). Universidade de Coimbra. 1995/6
 
=={{ Ver também}} ==
{{div col|colunas=3}}
*[[Lista de casos de degenerescência de marca]]
*[[Logotipo]]
*[[Logomarca]]
*[[Manual de Identidadeidentidade Visualvisual]]
*[[Marketing]]
*[[Publicidade]]
{{div col end}}
 
== {{Ligações externas}} ==
*[http://www.inpi.gov.br Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Brasil)]
*[http://www.inpi.pt/ Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Portugal)]