Diferenças entre edições de "Psiquê"

458 bytes adicionados ,  18h37min de 28 de junho de 2015
sem resumo de edição
m (Foram revertidas as edições de 177.193.43.19 para a última revisão de Mschlindwein, de 07h53min de 23 de abril de 2015 (UTC))
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
'''Psiquê''' ou '''Psique''' (em [[Língua grega|grego]]: Ψυχή, ''Psychē'') é uma [[deusa]] da [[mitologia grega]], que é a [[personificação]] da [[alma]]. Seu mito foi narrado nos últimos tempos da [[Antiguidade]] na história latina ''O Asno de Ouro'' de [[Apuleio]].<ref>{{citar web|título=Psiquê - Mitologia|url=http://www.theoi.com/Ouranios/Psykhe.html|acessodata=18 de Outubro de 2014|língua=Inglês}}</ref> Sua história é uma [[alegoria]] a alma humana, que é purificada por paixões e desgraças, e é, portanto, preparada para desfrutar da verdadeira e pura felicidade. Em obras de arte Psiquê é representada como uma donzela com asas de [[borboleta]],uma [[simbologia]] que significa que Psiquê, como a borboleta, depois de uma vida rastejante como [[lagarta]], flutua na brisa do dia e torna-se um belo aspecto da primavera.
Depois que se tornou imortal, casou-se com [[Eros]] e teve com ele [[Hedonê]].
Também contada sua história no livro "Reino das Sombras".
 
Contém várias lendas sobre Psique a do livro seria que ela seria uma princesa entre 2 irmãs,ela era a que continha a maior beleza dentre as três,o fato correu por todo o mundo e todos a procuravam,seu pai a mantinha no palácio,ela reclamava da saida suas irmas do palácio,seu pai não entendia como vários nobres vinham ve-la mas sem a intenção de casar-se com ela.
Assim consultou Apólo
 
== O mito de Psiquê ==
Utilizador anónimo