Diferenças entre edições de "Consuelo Leandro"

29 bytes removidos ,  18h19min de 1 de julho de 2015
sem resumo de edição
|nome_completo = Maria Consuelo da Costa Ortiz Nogueira
|nascimento_data = {{nascimento|27|5|1932|lang=br}}
|nascimento_local = {{BRAb}} [[Lorena (São Paulo)|Lorena]], [[São Paulo|{{BR-SP]], [[Brasil]]}}
|data_morte = {{falecimento e idade|5|7|1999|27|5|1932}}
|local_morte = [[São Paulo (cidade)|São Paulo]], [[Brasil]]{{BR-SP}}
|cônjuge = [[Agildo Ribeiro]]
|website = 0495142 no IMDB
*''Três Recrutas''
*''Ousadia''
|nacionalidade = {{BRAn|a}}
}}
'''Consuelo Leandro''', [[nome artístico]] de '''Maria Consuelo da Costa Ortiz Nogueira''' ([[Lorena (São Paulo)|Lorena]], [[27 de maio]] de [[1932]] — [[São Paulo (cidade)|São Paulo]], [[5 de julho]] de [[1999]]) foi uma [[atriz]] e [[comediante]] [[brasil]]eira.
Com o sucesso da apresentação, Consuelo Leandro se viu com duas opções para iniciar uma carreira profissional: o [[teatro de revista]] ou a comédia. Ela optou pela primeira e, em [[1953]], estreou, com a Companhia Zico Ribeiro, a peça “Carrossel de Mulheres”, em [[Copacabana]].
 
Depois da estréiaestreia no teatro, Consuelo partiu para o rádio e sua voz ficou famosa no Brasil todo por meio da [[Rádio Nacional]], onde ela fazia radioteatro e o humorístico “[[Balança Mas Não Cai]]”, mais tarde adaptado para televisão.
 
Seu primeiro filme foi "Três Recrutas", de Eurípedes Ramos. Ao todo fez mais de 20 filmes, dirigida por grandes nomes do cinema nacional nas décadas de 1950 e 1960, sendo vários deles como protagonista. Mas sua participação mais comentada veio no final da [[década de 1970]] quando fez "O Bem Dotado, O Homem de Itu" ao lado de [[Nuno Leal Maia]] e grande elenco.