Abrir menu principal

Alterações

O Livro Vermelho

Sem alteração do tamanho, 11h27min de 4 de julho de 2015
sem resumo de edição
| ilustrador =
| artista_capa =
| origem = [[China]]{{CHN}}
| idioma = [[língua chinesa|Chinês]]
| serie =
| preco =
| assunto = [[MaoísmoMaoismo]]
| genero = [[Teoria política]]
| editora = Governo da [[República Popular da China]]
| lancamento = Abril de [[{{Dtlink||4|1964]]|idade}}
| paginas =
| isbn =
| seguido_por =
}}
'''''Citações do Presidente [[Mao Tsé-Tung]]''''' ([[Chinês simplificado]]: 毛主席语录; [[pinyin]]: Máo - zhǔxí yǔlù) ou '''''O Pequeno Livro Vermelho''''' (Chinês simplificado: 红宝书) ou ainda '''''O Livro Vermelho''''' ou '''''O Livrinho Vermelho''''' (Chinês simplificado: 小红书) como é mais conhecido no [[Ocidente]], conforme sugere o próprio nome é uma [[coletânea]] de citações do presidente da [[República Popular da China]] Mao Tsé-Tung e uma forma de [[culto à personalidade|culto à sua personalidade]]. Foi organizado por [[Lin Piao]], Ministro da Defesa de Mao.<ref>''[[Mao: A História desconhecida]]''. Jon Halliday e Jung Chang. Tradução de Pedro Maio Soares. Editora Companhia Das Letras. ISBN 85-359-0873-0</ref> O livro possui 33 capítulos. Seus tópicos abordam a [[ideologia]] de Mao, conhecido no Ocidente como [[MaoísmoMaoismo]] ou oficialmente como "Pensamento de Mao Tsé-Tung". Inicialmente publicado na China, teve distribuição internacional após abril de [[1964]].
 
A distribuição [[subsídio|subsidiada]] deste livro pelo governo comunista chinês fez com que "O Livro Vermelho" se tornasse o segundo livro mais [[Anexo:Lista de livros mais vendidos|vendido na história]], atrás apenas da [[Bíblia]], tendo aproximadamente 900 milhões de cópias impressa.{{carece de fonte}} A popularidade do livro está ligada ao fato de que é uma exigência "não-oficial" para todo [[cidadão]] chinês possuir o livro, exigência essa que se fez notar especialmente durante a [[Revolução Cultural]].
| 6 || 10 || Imperialismo e reacionários, todos Tigres de Papel || O imperialismo dos Estados Unidos e da Europa e as forças reacionárias nacionais, representam perigos reais, a este respeito são como verdadeiros tigres. No entanto, porque o objetivo do comunismo chinês é justo, e interesses reacionários são egocêntricos e injustos, depois da luta, que será revelada a ser muito menos perigosa do que eram antes disso.
|-
| 7 || 10 || Ouse Lutar e Ousar Ganhar|| Lutar é desagradável e as pessoas da China preferem não fazê-lo em tudo. Ao mesmo tempo, estão dispostos a travar uma luta apenas de auto-preservaçãoautopreservação contra elementos reacionários, tanto estrangeiros como nacionais.
|-
| 8 || 10 || A Guerra de pessoas|| As massas de China são a maior arma concebível por lutar contra imperialismo japonês e reacionários internos. Pontos estratégicos básico para a guerra contra o Kuomintang também são enumerados.
|-
| 9 || 8 || O Exército das Pessoas || O exército do povo não é apenas um órgão para combater, é também um órgão para o avanço político do Partido, bem como da produção.
| 14 || 6 || Relações entre o exército e a República Popular || Um exército que é valorizado e respeitado pelo povo, e vice-versa, é uma força quase invencível. O exército e o povo tem de se unir com o fundamento básico do respeito.
|-
| 15 || 8 || Democracia nos três principais domínios || Democracia e honestidade desempenham funções no âmbito da reforma do exército, assim como na vida do Partido e de outros quadros. A "Ultra-democraciaUltrademocracia" é a definição dos individualistaindividualistas burgueses que têm aversão à disciplina e deve ser evitada.
|-
| 16 || 9 || Educação e a Formação de Tropas || A educação deve ter uma base prática e política para o exército. Juntamente as linhas democráticas, também é possível para os agentes ensinar os soldados, para os soldados para ensinar os funcionários e para os soldados se ensinarem uns aos outros.
| 20 || 8 || Construir o nosso país, através de diligência e frugalidade || O caminho para a modernização da China será construído sobre os princípios da celeridade e simplicidade. Também não é legítimo relaxar e 50 anos depois, a modernização será realizada em uma escala maciça.
|-
| 21 || 13 || Auto-suficiênciaAutossuficiência e luta árdua || É necessário que a China se torne auto-suficienteautossuficiente no decurso da revolução, ao longo das linhas usuais da luta de classes.
|-
| 22 || 41 || Formas de Pensar e Métodos de Trabalho || O materialismo dialético marxista, que conota a luta constante entre opostos em uma definição empírica, é o melhor método para uma melhoria constante. A análise objetiva dos problemas com base em resultados empíricos é um prêmio.
| 23 || 9 || Investigação e Estudos || É necessário investigar os fatos e a história de um problema, a fim de estudar e compreender este problema.
|-
| 24 || 15 || Corrigir IdéiasIdeias erradas || Arrogância, a falta de sucesso após um período próspero, egoísmo, fugir do trabalho, e liberalismo, são todos os males a serem evitados no desenvolvimento da China. Liberalismo é colocado no sentido de problemas envolvendo trabalho.
|-
| 25 || 5 || Unidade || Unidade de massas, do Partido e de todo o país é essencial. Ao mesmo tempo, a crítica e a camaradagem são linhas possíveis, ao mesmo tempo uma unidade básica é sentida e preservado. Este é o método dialético.