Diferenças entre edições de "Arte rupestre na região de Ha’il"

65 bytes adicionados ,  10h14min de 15 de julho de 2015
m
sem resumo de edição
(nova página: {{Info/Património Mundial |Nome = Arte rupestre na região de Ha’il |imagem = |imagemlegenda= |Estado_parte = {{SAU}} |Tipo = Cultural |Critério = (i)...)
 
m
|Sessão = 39.ª
}}
'''Arte rupestre na região de Ha’il''' ({{lang-ar|الفنون الصخرية في منطقة حائل}}) é o nome com que é designado o sítio classificado como Património Mundial na [[Arábia Saudita]].
 
Os melhores e mais antigos exemplos de [[arte rupestre]] datada do [[Neolítico]] na Arábia Saudita encontram-se na região de [[Jubbah]], a noroeste da cidade de [[Ha’il]], e em Shuwaymis, a sudoeste de Ha’il e perto da cidade de [[al-Hayit]]. O sítio classificado abrange os dois locais: Jabel Umm Sinman, em Jubbah, e Jabal al-Manjor e Raat, em Shuwaymis. Ficam numa região do sul do [[deserto de Nafud]] que foi antigamente um lugar muito procurado, porque no sopé do monte Umm Sinman existia um lago, hoje desaparecido, que garantia uma fonte de água fresca a homens e animais. Os antepassados dos atuais habitantes árabes deixaram gravados nas rochas traços da sua passagem, representando homens, animais e outras figuras, num conjunto de arte rupestre que cobre dez mil anos de história<ref name="publico">{{citar web|URL=http://www.publico.pt/culturaipsilon/noticia/unesco-soma-24-sitios-a-lista-do-patrimonio-mundial-1701415?page=-1|título=UNESCO soma 24 sítios à lista do património mundial|autor=publico.pt|data=|publicado=|acessodata=7-5-2015}}</ref>..
|largura = 250
}}
 
 
{{referências}}
 
=={{Ligações externas}}==
 
 
{{Património Mundial na Arábia Saudita}}
141 920

edições