Diferenças entre edições de "Soyuz TMA-1"

2 bytes removidos ,  10h28min de 16 de julho de 2015
sem resumo de edição
(refs+ajustes)
|chamada =
|tripulação = 3
|início_data = [[30 de Outubrooutubro]] de [[2002]]<br />03:11:11 [[UTC]]<br />[[Cosmódromo de Baikonur|Baikonur]] LC1
|início_local =
|fim_data = [[4 de Maiomaio]] de [[2003]]<br />02:04:25 UTC
|fim_local =
|duração = 185d 22h 53m
}}
[[Imagem:ISS Expedition 6 crew.jpg|thumb|200px|<center><small>'''Tripulação retornada:'''<br />Pettit, Bowersox e Budarin </center></small>]]
'''Soyuz TMA-1''' foi o quinto vôovoo de uma nave [[Soyuz]] àpara a [[Estação Espacial Internacional]] e o primeiro de uma Soyuz da classe [[Soyuz-TMA|TMA]], a mais moderna versão desta nave, ainda em utilização.<ref>{{citar web|url=http://www.russianspaceweb.com/iss_soyuztma1.html|titulo=Cronology:2002:Soyuz TMA_1|publicado=russianspaceweb.com|acessodata=19/11/2014}}</ref>
 
==Tripulação==
'''Tripulação lançada na Soyuz TMA-1:''' (30 de outubro de 2002)
*[[Imagem:Flag of Russia.svg|20px]] [[Sergei Zalyotin]] <small>[[comandante]] </small>
*[[Imagem:Flag of Belgium.svg|20px]] [[Frank De Winne]] <small>[[engenheiro de vôovoo]] </small>
*[[Imagem:Flag of Russia.svg|20px]] [[Yuri Lonchakov]] <small>engenheiro de vôovoo </small>
 
'''Tripulação retornada na Soyuz TMA-1:''' (4 de maio de 2003)
*[[Imagem:Flag of Russia.svg|20px]] [[Nikolai Budarin]]<small> comandante </small>
*[[Imagem:Flag of the United States.svg|20px]] [[Kenneth Bowersox]]<small> engenheiro de vôovoo</small>
*[[Imagem:Flag of the United States.svg|20px]] [[Donald Pettit]] <small> engenheiro de vôovoo</small>
 
== Parâmetros da Missão ==
 
==Missão==
A missão foi comandada pelo [[cosmonauta]] [[Sergei Zalyotin]], que foi lançado ao espaço junto com a tripulação composta dos [[engenheiro de vôovoo|engenheiros de vôovoo]] [[Frank De Winne]] e [[Yuri Lonchakov]]. A nave levou a bordo uma série de equipamentos de última geração, incluindo um novo computador de bordo testado com sucesso em vôovoo. Enquanto a TMA-1 se encontrava acoplada em missão na ISS, o [[ônibus espacial]] [[Columbia (ônibus espacial)|Columbia]], da [[NASA]], desintegrou-se em sua reentrada na [[atmosfera]] em [[fevereiro]] de [[2003]], deixando a nave russa como única opção de transporte entre a [[Terra]] e a ISS e única opção de retorno dos residentes na estação, os integrantes da [[Expedição 6]].
 
Devido ao acidente com a Columbia, que deixou paralisado o programa dos ônibus espaciais, o retorno da TMA-1 foi feito com uma tripulação diferente da que foi lançada seis meses antes e pela primeira vez [[astronauta]]s norte-americanos voltaram do espaço a bordo de uma nave espacial russa. No retorno à Terra, a nave teve problemas na reentrada, feita numa trajetória [[balística]] e profunda, o que causou uma exposição da tripulação - que retornou ilesa - à [[gravidade|forças gravitacionais]] muito altas e levou a cápsula a aterrissar cerca de 450&nbsp;km fora do local pré-determinado, ao norte do [[Marmar de Aral]], no [[CasaquistãoCazaquistão]].
 
A comunicação entre a nave e o controle de terra foi interrompida durante e depois da descida por causa de perda de uma [[antena]] e paralisação de outras duas, fazendo com que a tripulação só conseguisse comunicação através de um transmissor de emergência após o pouso. Por causa deste incidente, a partir daí todas as missões Soyuz passaram a ter um [[Telefonia por satélite|telefone por satélite]] a sua disposição, para estabelecer contatoconta(c)to com as forças de resgate e busca em terra.
 
----
{{Missões Soyuz}}
 
{{VôosVoos tripulados à ISS}}
 
[[Categoria:Programa Soyuz]]
121 964

edições