Abrir menu principal

Alterações

13 bytes removidos ,  00h38min de 21 de julho de 2015
Desfeita a edição 42916914 de 189.46.58.144
{{Sem-fontes|data=outubro de 2013}}
[[Ficheiro:Terrestrial planet size comparisons.jpg|thumbnail|direita|350px|Mercúrio,Vênus, Terra e Marte]]
Um '''planeta telúrico''' (do [[latim]] ''Tellus'' um sinónimo de ''Terra'') ou '''planeta sólido''' é um planeta rochoso assim como a [[Terra]]. Os planetas telúricos do [[Sistema Solar]] são [[Mercúrio (planeta)|Mercúrio]], [[Vênus (planeta)|Vênus]], [[Terra]], e [[Marte (planeta)|Marte]] e [[Plutão]]. Estão mais próximos do [[Sol]] e por isso estão situados no [[Sistema Solar interior]] e têm maior [[densidade]] que os [[Planeta gasoso|planetas gasosos]] ([[Júpiter (planeta)|Júpiter]], [[Saturno (planeta)|Saturno]], [[Urano (planeta)|Urano]] e [[Netuno (planeta)|Netuno]]). Esta relação planetária tem a ver com a formação do [[sistema solar]], em que os materiais mais densos tendem a se concentrar mais perto do sol e os mais leves mais longe do sol. Sua composição interna é basicamente de [[rochas]] ([[silicatos]]), [[ferro]] e outros [[metais pesados]].
 
Seu tamanho reduzido em comparação com os gasosos se deve ao fato de que os planetas telúricos são sólidos e densos, enquanto os gasosos são gigantes bolas de gás. Como são pequenos, sua [[gravidade]] não passa do habitual para nós (No Sistema Solar, a Terra é o planeta rochoso com maior gravidade (9,8 m/s²), seguido de Vênus (8,7 m/s²), Marte (3,7 m/s²) e Mercúrio (3,6 m/s²)).