Oposição (política): diferenças entre revisões

147 bytes removidos ,  18h33min de 31 de julho de 2015
sem resumo de edição
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de Julio Auler (Achismos e erros ortográficos), com Reversão e avisos.)
Em estudo sobre oposição política ou parlamentar, intitulado ''Oposição e Obstrução na Câmara dos Deputados'',<ref>RABELO-SANTOS, Lourimar. ''Oposição e Obstrução na Câmara dos Deputados''/Dissertação de Mestrado em Ciência Política. Rio de Janeiro. Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (IUPERJ), 2009. Disponível em http://bd.camara.gov.br/bd/handle/bdcamara/3639</ref> o autor faz as seguintes considerações sobre o tema: ''Elemento fundamental da democracia, a oposição data dos primórdios da organização política da sociedade, mas ela surge e se concretiza como oposição parlamentar, pela primeira vez, na Inglaterra do século XVIII, com seu significado e conteúdo modernos (Schmitz, 1988; Bobbio, 1998; Mersel, 2004)...A oposição surge, e é assim reconhecida, para desempenhar o papel de criticar e fiscalizar o governo do momento, além de colocar-se como uma alternativa ao poder vigente. De fato, a existência de uma oposição ou minoria parlamentar ativa e responsável é indispensável em qualquer democracia pluralista. Ao criticar o governo e apresentar outras opções políticas, a oposição atua para garantir a transparência e a eficiência na gestão dos assuntos públicos, aumentando, com efeito, a confiança dos cidadãos nas instituições públicas (Overmeire, 2008).''
 
=== Formas de oposição ===
* [[Dissidência]]
* [[Desobediência civil]]
* [[Clandestinidade]]
* [[Subversão]]
* [[Rebelião]]
* [[Terrorismo]]
 
{{wikcionário}}