Mosteiro de São Dinis: diferenças entre revisões

268 bytes adicionados ,  15h29min de 3 de agosto de 2015
(Mais elementos e referências)
 
==Historial==
 
O mosteiro, da [[Ordem de Cister]], foi fundado por [[Dinis de Portugal|D. Dinis]]. A construção primitiva, em [[estilo gótico]], iniciou-se em 1295 e teve como arquitetos os mestres Antão Martins, Afonso Martins e Frei João Turriano (engenheiro-mor do reino). Muito danificado pelo [[terramoto de 1755]], da construção gótica inicial resta apenas a cabeceira, constituída pela abside e capelas laterais, com [[abóbada]]s de nervuras chanfradas, e alguns troços dos claustros. O mosteiro reflete a diversidade estilística das intervenções posteriores, apresentando ainda elementos de características [[manuelino|manuelinas]], [[barroco|barrocas]] e [[neoclassicismo|neoclássicas]].<ref name="Mosteiro">{{citar web|URL=http://www.mosteirodeodivelas.org/o-mosteiro-de-odivelas-e-as-suas-profundas-alteracoes/
|título=O mosteiro de Odivelas e as suas profundas alterações|autor=|data=|publicado=Mosteiro de Odivelas|acessodata=03-08-2015}}</ref>
 
[[File:Mosteiro S Dinis Odivelas IMG 1434.JPG|thumb|Claustro]]
Fruto de diversas ocupações, o Mosteiro de Odivelas foi, desde o início do século XX, um colégio feminino para filhas de militares, o [[Instituto de Odivelas]] (1902-2015<ref>{{citar web|URL=http://www.dn.pt/politica/interior.aspx?content_id=4299704|título=Defesa vai "devolver à população" mosteiro onde está o Instituto de Odivelas|autor=|data=|publicado=DN – Política|acessodata=03-08-2015}}</ref>), encontrando-se sob a responsabilidade do [[Ministério da Defesa Nacional|Ministério da Defesa]].<ref>{{citar web|URL=http://www.mosteirodeodivelas.org/cronologia/#|título=Cronologia do mosteiro|autor=|data=|publicado=Mosteiro de Odivelas|acessodata=03-08-2015}}</ref>
 
=={{Ligações externas}}==