Dentículo: diferenças entre revisões

179 bytes adicionados ,  4 de agosto de 2015
sem resumo de edição
[[Ficheiro:Photograph of Cornice of the Felix Vallee House in Ste Genevieve MO.png|thumb|direita|300px|Dentículos numa residência em [[Missouri]], [[EUA]].]]
'''Dentículo''' (do [[latim]] ''"densdenticulu"'', "dentedentinho")<ref>{{citar web|url=http://michaelis.uol.com.br/moderno/portugues/definicao/dent%C3%ADculo%20_940014.html| título = Dentículo| publicado = Dicionário Michaelis}}</ref>, na [[arquitetura clássica]], é um pequeno bloco utilizado como ornamento repetitivo presente na parte inferior de uma [[cornija]].
 
O arquiteto romano [[Vitrúvio]] (iv. 2) afirma que um dentículo representa o fim de um [[caibro]] (''asser'') e, como este tipo de ornamento ocorre de forma mais pronunciada nos templos [[ordem jônica|jônicos]] da [[Ásia Menor]], nos [[túmulos lícios]] e nos [[pórtico]]s e túmulos da [[Pérsia]], onde ele representa claramente a reprodução em pedra de uma construção em madeira, há pouca dúvida sobre sua origem. O mais antigo exemplar está no túmulo de [[Dario, o Grande]], {{ca.}} 500 a.C., recortado na rocha e no qual o pórtico de seu palácio está representado. O primeiro emprego em [[Atenas]] é na cornija do pórtico ou tribuna suportado por [[cariátide]]s do [[Erecteu]] (480 a.C.). Quando foi introduzido depois na parte inferior da cornija do [[Monumento Corágico de Lisícrates]], os dentículos já eram de dimensões bem menores. Nos templos subsequentes na [[Jônia]], como é o caso dos templos em [[Priene]], grandes dentículos ainda eram comuns.
198 349

edições