Abrir menu principal

Alterações

10 bytes adicionados ,  14h47min de 16 de agosto de 2015
[[File:GNOME-escritorio-1.x.png|thumb|GNOME 1, Março de 1999.]]
[[File:Gnome-2.6-en.png|thumb|GNOME 2.6.]]
O projeto GNOME foi criado em [[15 de agosto]] de [[1997]] pelos [[México|mexicanos]] [[Miguel de Icaza]] e [[Federico Mena Quintero]], como uma resposta ao [[Windows 95]]. O projeto [[KDE]] já estava em andamento, mas para ser usado ou desenvolvido era necessário instalar o [[Qt]], um conjunto de ferramentas que na época não tinha uma licença livre. Miguel de Icaza descartou a ideia de reimplementar a [[API]] do Qt usando software livre porque projetos análogos, como o [[GNUstep]], [[Wine]] and [[LessTif]], mostravam um progresso muito lento. Antes da criação do GNOME, Miguel e Federico tinham tentado colaborar com o GNUstep, mas desistiram por considerar sua comunidade desorganizada, e seu código cheio de erros<ref name="gnome-history-by-miguel">ICAZA, Miguel de. ''[http://primates.ximian.com/~miguel/gnome-history.html The Story of the GNOME project]''.</ref>.
 
A plataforma de desenvolvimento aproveitou e aprimorou o GTK, um conjunto de ferramentas usado pelo editor de imagens GIMP, em cujo desenvolvimento Federico Quintero estava também envolvido<ref name="gnome-history-by-miguel" />. Miguel de Icaza ficou muito impressionado com a arquitetura [[Component Object Model|COM]] quanto passou por uma entrevista na Microsoft<ref name="gnome-history-by-miguel" />, e o reflexo foi o desenvolvimento da biblioteca Bonobo, incorporada ao GNOME 1.4. Além de permitir o reaproveitamento de componentes de software, o Bonobo colaborou para que o desenvolvimento de aplicativos para o GNOME pudesse ser feito com qualquer linguagem de programação<ref name="lets-make-unix-not-suck">ICAZA, Miguel de. ''[http://primates.ximian.com/~miguel/bongo-bong.html Let's Make Unix Not Suck]''.</ref>. Outra característica da plataforma de desenvolvimento do GNOME é ser completamente escrita em [[C (linguagem de programação)|C]], o que também facilita a criação de bindings para outras linguagens de programação<ref name="why-c">DARREN, Kenny. ''[http://mail.gnome.org/archives/desktop-devel-list/2006-July/msg00189.html Re: Time to heat up the new module discussion]''. [[14 de julho]] de [[2006]].</ref>. A plataforma de desenvolvimento do GNOME tem suporte a [[C++]], [[Java]], [[Perl]] e [[Python]]<ref name='platform-overview-bindings'>McCANCE, Shaun. ''[http://library.gnome.org/devel/platform-overview/stable/bindings.html Language Bindings]''. In: McCANCE, Shaun. ''Platform Overview''. Fundação GNOME, 2006.</ref>, e mais recentemente a [[JavaScript]]<ref>UNTZ, Vincent. ''[http://mail.gnome.org/archives/devel-announce-list/2009-July/msg00005.html New module decisions for 2.28]''. [[22 de julho]] de [[2009]]</ref>. Toda a plataforma de desenvolvimento do GNOME usa a licença [[LGPL|GNU Lesser General Public License]], uma licença livre que permite a utilização da plataforma GNOME por software proprietário<ref name="gnome-technology-overview-by-sun">HEARD, John. ''[http://developers.sun.com/solaris/articles/gnome.html GNOME Technology Overview]''. Sun Developer Network, 2002.</ref>.