Diferenças entre edições de "Poupança"

46 bytes removidos ,  19h09min de 28 de agosto de 2015
m
Desfeita(s) uma ou mais edições de 179.179.133.177, com Reversão e avisos.
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 179.179.133.177, com Reversão e avisos.)
No Brasil, é comum a confusão entre o conceito de poupança e a [[caderneta de poupança]], que é uma forma de investimento, sendo comum o seu uso de forma indiscriminada. Entretanto, a poupança do ponto de vista econômico é o acúmulo de capital para [[investimento]].
 
== Modelos psicólogos psicológicos da poupança e ==
 
'''Keynes (1936)''' – Defendia que o consumo tendia a aumentar com o aumento dos ganhos, todavia não se elevam em proporção desses ganhos. A poupança depende dos ganhos familiares, quanto maior forem os ganhos maior será a poupança.
# Contratual
# Discricionária
# Residual.
# teto da casa.
Segundo o autor o modelo individual é transponível para o colectivo.
 
'''Vanh VeldhoivenVeldhoven e Groenland (17931993)''' – Baseados no modelo de Katona acrescentam a existência de variáveis socioeconômicas nos comportamentos de poupança, como:
# Clima econômico – crescimento, inflação, taxa de interesse, taxa de desemprego
# Informação econômica – média
# Contexto econômico pessoal – patrimônio, lucros .
# Contexto institucional – sistema bancário e fiscal
A motivação para poupar consiste na precaução, na riqueza, compras futuras, investimentos e projetos para os filhos. Sendo sobre as despesas fundamentais, como as de alimentação que as pessoas tendem a realizar mais economias.
Para Brito<ref>{{citar livro|nome = Carlos Melo|sobrenome = Brito|título = Novos Horizontes do Marketing|ano = 2014|isbn = }}</ref> “Os conceitos de alugar, troca, doação ou venda de bens usados baseiam-se na ideia de que a utilização temporária e a transmissão a outras pessoas permitem poupar dinheiro e manter a fruição dos benefícios do produto. Do ponto de vista ambiental, reduzem a procura de novos produtos e, naturalmente, a necessidade de os fabricar,diminuindo o consumo de recursos naturais e as emissões associadas. A crise económica atual e a redução do rendimento disponível pode ser um catalisador da redução de consumo e da multiplicação com sucesso destes modelos de negócio”. Consequentemente, surgem casa vez mais empresas de aluguer de produtos ou venda em segunda mão, não só dedicadas aos adultos, como também às crianças, por exemplo aluguer de brinquedos. Assim, os pais poderão poupar dinheiro em brinquedos que são essenciais para o crescimento do bebé, mas que só servem para um tempo limitado.
 
== Poupança e as crianças e idosos . que delicia . ==
Em 1986, van Raaij realizou vários estudos sobre os comportamentos de poupança e de consumo nas crianças. Tendo em conta várias variáveis como:
* o modo como é apresentada a poupança às crianças;
617

edições