Diferenças entre edições de "Iberia (empresa aérea)"

38 bytes adicionados ,  19h23min de 3 de setembro de 2015
(→‎História: limpeza)
 
== História ==
A companhia aérea espanhola Iberia foi fundada como companhia aerea de transporte em [[28 de junho]] de [[1927]] por Gouglas Nectar Pereira e Karlus Pula-Pula, pertencendo em 51% ao [[Estado espanhol, mas sendo também propriedade da sua congénere [[Alemanha|alemã]] [[Lufthansa]]. A Iberia foi constituída por pequenas companhias aéreas espanholas, obrigadas a fundir-se por ordem do governo espanhol, sucedendo assim à [[CLASSA]]''Concesionaria de Líneas Aéreas Subvencionadas'' e àas ''Líneas [[LAPE]]Aéreas Postales Españolas'', anteriores transportadoras locais. A frota da Iberia era na altura constituída maioritariamente por aparelhos [[Junkers]], dada a influência da Lufthansa.
 
No início a Iberia fazia apenas voos domésticos ou internacionais com destino e chegada a Espanha, mas em [[1941]] começou a fazer carreiras internacionais. No entanto, o desenrolar da [[Segunda Guerra Mundial]] levou a que essa expansão fosse adiada. No pós-guerra a Iberia aproveitou a frota de [[Douglas C-47]] militares abandonados pelos norte-americanos para os adaptar ao transporte de passageiros, usando-os paralelamente aos Junkers.
 
Em 1946 a Iberia comprou alguns Douglas DC-4, que lhe permitiram começar a fazer voos internacionais, começando por [[Roma]] e [[Londres]]. Os DC-4 também começaram a ser utilizados nas rotas que tinham por destino a [[América Central]], tendo sido ainda nesse ano a primeira companhia europeia a fazer a ligação entre a [[Europa]] e a [[América do Sul]]. Em [[1954]] a Ibéria inaugurou uma carreira para [[Nova Iorque]], nos [[EUA]], recorrendo para isso a aparelhos [[Lockheed Super Constellation]]. Os aviões a jacto surgiram na Iberia em [[1961]], com a compra de uma frota de aparelhos [[DC-8]]
 
Em [[1991]] a Iberia foi pioneira na Europa ao lançar um programa internacional de fidelização de clientes, o Iberia Plus. Dois anos depois adquiriu vinte por cento da companhia [[Aerolineas Argentinas]], tendo subido a sua participação em [[1995]] para 85 por cento. No entanto, em finais da [[década de 1990]] vendeu a transportadora argentina. De qualquer forma manteve interesses nesta companhia, assim como na [[Royal Air Maroc]], [[Viva Air]] e [[Ladeco]].
Em [[1954]] a Ibéria inaugurou uma carreira para [[Nova Iorque]], nos [[EUA]], recorrendo para isso a aparelhos [[Lockheed Super Constellation]].
 
Em [[2001]] a Iberia tornou-se uma empresa completamente privada e a actualmente é uma das cinco maiores linhas aéreas europeias, dominando as rotas da Europa para a América Latina. Oferece a possibilidade de mais de uma centena de destinos em mais de 40 países, graças a uma frota superior a 100 aviões, que fazem cerca de mil voos diários.[{{citar fontes]}}
Os aviões a jacto surgiram na Iberia em [[1961]], com a compra de uma frota de aparelhos [[DC-8]]
 
Em [[1991]] a Iberia foi pioneira na Europa ao lançar um programa internacional de fidelização de clientes, o Iberia Plus.
 
Dois anos depois adquiriu vinte por cento da companhia [[Aerolineas Argentinas]], tendo subido a sua participação em [[1995]] para 85 por cento. No entanto, em finais da [[década de 1990]] vendeu a transportadora argentina. De qualquer forma manteve interesses nesta companhia, assim como na [[Royal Air Maroc]], [[Viva Air]] e [[Ladeco]].
 
Em [[2001]] a Iberia tornou-se uma empresa completamente privada e a actualmente é uma das cinco maiores linhas aéreas europeias, dominando as rotas da Europa para a América Latina. Oferece a possibilidade de mais de uma centena de destinos em mais de 40 países, graças a uma frota superior a 100 aviões, que fazem cerca de mil voos diários.[citar fontes]
 
Em [[2006]], a Iberia criou a sua primeira companhia ''[[Companhia aérea de baixo custo|low-cost]]'', a [[Clickair]], oferecendo voos principalmente a partir de Barcelona e Valencia, para vários destinos na Europa, incluindo Lisboa e Porto.
1 143

edições