Diferenças entre edições de "António Ribeiro dos Santos"

552 bytes adicionados ,  00h32min de 13 de setembro de 2015
obra
m (foto+info)
(obra)
Com o alvará de 29 de fevereiro de [[1796]], [[D. Maria I]] extinguiu o que restava da [[Real Mesa Censória]], e com base na sua Biblioteca, fundou a ''Real Biblioteca Pública da Corte'', a mais antiga antecessora formal da [[Biblioteca Nacional de Portugal]], de que ficou encarregue António Ribeiro dos Santos. Assim, a primitiva instituição recebeu, como núcleo original, o acervo da Biblioteca da [[Real Mesa Censória]]. O referido diploma conferiu-lhe a natureza de Biblioteca Pública, tendo a mesma sido instalada no Torreão Ocidental da Praça do Comércio ([[Terreiro do Paço]]).<ref>[http://www.bnportugal.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=82&Itemid=90&lang=pt Biblioteca Nacional de Portugal (História)] </ref>
 
== Obra ==
* [https://alpha.sib.uc.pt/?q=content/antonii-riberii-portucalensis-de-sacerdotio-et-imperio-selectae-dissertationes-queis-praemit De Sacerdotio et Imperio] (1770)
* [http://purl.pt/237 Memória sobre as origens da tipografia em Portugal no séc. XV] (1812)
* [http://purl.pt/238 Memória para a história da typografia portugueza do seculo XVI] (1792)
* ''[http://purl.pt/17261 "Lista de livros e periódicos estrangeiros que a Biblioteca Nacional de Lisboa necessita adquirir de novo ou para completar colecções"]'' [entre 1796 e 1816].
{{referencias}}