Tenente Laurentino Cruz: diferenças entre revisões

12 834 bytes removidos ,  19h50min de 15 de setembro de 2015
sem resumo de edição
(Alterações no cabeçário.)
Etiquetas: Editor Visual Imagem externa
<!-- Cabeçalho -->
| nome = Tenente Laurentino Cruz
| leg_foto =Vista aérea de Tenente Laurentino Cruz
| apelido = "Vila"
"Cidade mais alta do RN"
 
"Cidade do Frio"
"Tenente"
 
"Suiça do Sertão
"TLC"
| link_brasão =
| link_bandeira =
| gentílico = Laurentinense
| lema =
| prefeito = FranciscoTitico DantasDe de AraujoVicente
| partido = PMDB
| fim_mandato = 2016
| estado = Rio Grande do Norte
| mesorregião = [[Mesorregião Central Potiguar|Central Potiguar]]
| data_mesorregião = [[IBGE]]/[[20152008]] <ref name="IBGE_DTB_2015IBGE_DTB_2008">{{citar web |url=ftp://geoftp.ibge.gov.br/Organizacao/Divisao_Territorial/2008/DTB_2008.zip |titulo=Divisão Territorial do Brasil |data=1 de julho de 2008 |obra=Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais| publicado=Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) |acessodata=11 de outubro de 2008}}</ref>
| microrregião = [[Microrregião da Serra de Santana|Serra de Santana]]
| data_microrregião = [[IBGE]]/[[2008]] <ref name="IBGE_DTB_2008" />
| dist_capital = 229
<!-- Características geográficas -->
| área = 74.37376
| área_ref = <ref name ="IBGE_Área">{{citar web |url=http://www.ibge.gov.br/home/geociencias/cartografia/default_territ_area.shtm |título=Área territorial oficial |autor=IBGE |acessodata=5 dez. 2010|data=10 out. 2002|autor=IBGE |publicado=Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02)}}</ref>
| população = 5406
| data_pop = [[IBGE]]/[[20152010]]<ref name="IBGE_Pop_2015IBGE_Pop_2010">{{citar web |url = http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/censo2010/populacao_por_municipio.shtm |título=Censo Populacional 2010| obra = Censo Populacional 2010 |publicado=Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) |data=29 de novembro de 2010 |acessodata = 11 de dezembro de 2010}}</ref>
| altitude = 730.5 metros acima do nível do mar
| altitude_pos = [[Anexo:Lista de municípios do Rio Grande do Norte por altitude|RN: 1º]]
| altitude_ref = <ref>{{citar web|url=http://www.urbanizacao.cnpm.embrapa.br/conteudo/uf/rn.html|título=Rio Grande do Norte|data=2000|publicado=Embrapa|acessodata=21 de setembro de 2011|arquivourl=http://www.webcitation.org/query?url=http%3A%2F%2Fwww.urbanizacao.cnpm.embrapa.br%2Fconteudo%2Fuf%2Frn.html&date=2011-02-27|arquivodata=27 de fevereiro de 2011}}</ref>
| clima = Semi-áridoSerrano
| sigla_clima =
<!-- Indicadores -->
| idh = 0.623 <!--favor manter o formato-->
| data_idh = [[PNUD]]/[[2010]]<ref name="PNUD_IDH_2010">{{citar web |url=http://www.pnud.org.br/atlas/ranking/Ranking-IDHM-Municipios-2010.aspx |titulo=Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil |data=2010 |obra=Atlas do Desenvolvimento Humano|publicado=Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) |acessodata=04 de setembro de 2013}}</ref>
| pib = {{formatnum:36.52125653.000}} mil
| data_pib = [[IBGE]]/[[20152010]]<ref name="IBGE_PIB">{{citar web |url=http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/economia/pibmunicipios/2004_2008/ |titulo=Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 |publicado=Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística |acessodata=11 dez. 2010}}</ref>
| pib_per_capita = 65723954.0083
| data_pib_per_capita = [[IBGE]]/[[20122008]]<ref name="IBGE_PIB"/>
|foto = |bandeira = }}
|foto =https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Gebv_bvcg.jpg |bandeira =https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Dscj.jpg }}
 
'''Tenente Laurentino Cruz''' é um município [[brasil]]eiro do estado do [[Rio Grande do Norte]]. Localiza-se a 229 km da [[Natal (Rio Grande do Norte)|capital estadual]], à qual se liga através da [[BR-226]]. Inserido no [[Planalto da Borborema]], a cidade tem uma [[altitude]] média de 730 metros, sendo portanto, o mais alto município do Estado, considerando-se a altitude da sede.É conhecida pelo seu clima frio e agradável.<ref>[http://docs.google.com/viewer?a=v&q=cache:qs-XPMxSB4wJ:www.cprm.gov.br/rehi/atlas/rgnorte/relatorios/TLCR162.PDF+Tenente+Laurentino+Cruz&hl=pt-BR&gl=br&pid=bl&srcid=ADGEESgUbOtMhPeCQhSKqDZTkAEL5m3LnKX5HvvtI0Dq6nB7sSowcBIgol-qvoeKA-oPRWn7Z8KMcJzWm0BkWjPeJOD6fhIJCj_8TgntUGTSgz1EevFhO1c_kd1bbkcyLd9ht5w6K_Re&sig=AHIEtbQTyFNDjLXobzhW14wZJnyhuBsbvQ]</ref>
'''Tenente Laurentino Cruz''' é um município brasileiro, situado no Estado do Rio Grande do Norte. Possui uma população de 5.757 habitantes, distribuídos em uma área territorial de 74,37 km² (IBGE, 2015). Destes, 78.69% vivem na zona rural, enquanto os outros 21.31% residem na área urbana do município.
Além disso, Tenente Laurentino Cruz destaca-se pelo rápido crescimento populacional e urbano, se comparado aos dados de municípios vizinhos, como Florânia, São Vicente, Santana do Matos e Bodó. O clima ameno também é uma singularidade laurentinense.
 
== História e EtimologiaGeografia ==
 
De acordo com o [[IBGE]] (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no ano [[2010|2014]] sua população é de 5.997 habitantes. Área territorial de 74&nbsp;km².
A constituição histórica de Tenente Laurentino Cruz remonta-se a informações relativas à Serra do Macaguá. Esta serra teve, como primeiros habitantes, os índios das tribos Tupi-guarani e Tapuia, ainda em meados do século XVI. Mais tarde, a mesma recebeu o nome de Serra de Santana, a qual passou a abrigar diversas comunidades agropecuárias, que se formavam com o trajeto de pessoas que faziam comércio em rotas que ligam o Sertão ao Litoral.
Dentre as primeiras cidades formadas, salienta-se a emancipação de Florânia, ocorrida em 1890. Este município detinha um território relativamente extenso, de modo que algumas localidades (serranas) estavam distantes da cidade e suas adjacências (sertanejas). Assim, no “Alto da Serra”, passou a se destacar um pequeno aglomerado populacional, que, em Setembro de 1977, gerou o povoado de Tenente Laurentino Cruz. O mencionado nome se deu a partir de uma homenagem ao pai do fundador do povoado, '''Padre Sinval Laurentino de Medeiros'''.
Ademais, ressalta-se o crescimento voraz do povoado, uma vez que inúmeras famílias de municípios circunvizinhos passaram a se mudar para o local, atraídos pela notável qualidade das terras serranas. Com isso, em '''16 de Julho de 1993''', o então governador potiguar, José Agripino Maia, assinou o termo de emancipação política, tendo na figura de Airton Laurentino Júnior, até dezembro de 1996, o administrador local. Neste período inicial, Tenente Laurentino Cruz sobreviveu com a ajuda do repasse mensal de 25% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de Florânia.
 
== Geografia e Subdivisões ==
 
Geograficamente, o município de Tenente Laurentino Cruz está localizado a 229 km da capital estadual, Natal, o qual se liga a partir das rodovias RN - 087 e BR - 226. A distância aproximada para outras cidades do Estado são: 14 km (Florânia), 34 km (São Vicente), 54 km (Santana do Matos), 54 km (Currais Novos), 94 km (Caicó) e 186 km (Mossoró). Evidencia-se, aqui, a forte relação laurentinense com a cidade de Currais Novos, a qual serve como principal pólo regional. Diariamente, é possível observar o deslocamento de habitantes para a cidade curraisnovense, em busca, principalmente, de estudos, serviços bancários e tratamentos de saúde.
Inserido no contexto estadual, Tenente Laurentino Cruz integra a '''Microrregião da Serra de Santana''' (juntamente com Florânia, São Vicente, Santana do Matos, Lagoa Nova, Cerro Corá e Bodó) e a '''Mesorregião Central Potiguar'''. Limita-se a Norte com Santana do Matos, a Leste com São Vicente e a Oeste e Sul com Florânia.
No relevo, é possível notar que quase toda a extensão territorial está assentada no alto do Planalto da Borborema, de forma que os 730.5 metros da altitude municipal o colocam como o '''município mais elevado do Estado do Rio Grande do Norte'''. De um modo geral, o território é bastante plano. Contudo, algumas comunidades rurais, próximas a Florânia, como Patacoroa e Pé de Serra, fazem parte da Depressão Sertaneja. No tocante às rochas, há uma predominância de Arenitos extremamente porosos, constituindo, destarte, a formação de um extenso lençol freático e de Latossolos, os quais são bastante férteis para o cultivo de agricultura. Outrossim, é importante destacar uma espessa camada de rochas pré-cambrianas, localizada logo abaixo dos Arenitos.
O clima é o Semi-árido. Entretanto, o aspecto serrano deixa as temperaturas amenas ao longo de todo o ano (clima característico de Brejos de Altitude), podendo atingir 15° nos meses de Junho, Julho e Agosto. A umidade relativa média anual é de 61%, assentadas sobre uma quantidade média de 2.400 horas de insolação por ano (CPRM, 2005). As precipitações pluviométricas médias anuais são de 659,9 mm, segundo dados do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (IDEMA, 2004). Tais chuvas concentram-se, sobretudo, no primeiro semestre do ano. Sobre a vegetação, há a presença escassa de Caatinga Hiperxerófila, contando com árvores de porte arbóreo (alto). Isso ocorre, pois, grande parte do município é coberto por árvores frutíferas que, naturalmente, tomaram o lugar da vegetação nativa.
Tenente Laurentino Cruz é abastecido com água proveniente da Barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves, a partir do sistema adutor Serra de Santana. Além desse sistema, alguns pequenos açudes compõem a paisagem hidrográfica.
A área rural é composta por 24 comunidades: Chorão, Curicaca, Chã da Curicaca, Corcundo, Lanchinha, Cinco Cantos, Tanques Preto, Riachão, José Antônio, Umbuzeiro, Boa Vista, Lagoa, Muniz, Canafístula, Cinzelândia, Monte Alegre, Baixa do Mateus, Patacoroa (comunidade mais distante da cidade - 18 km), Capim Assu (única comunidade desabitada), Pé de Serra, Miguel da Rocha, Dizimeiro, Serra do Dizimeiro e Patrício (Cabeço). Além das referidas comunidades, há 04 (quatro) assentamentos rurais: São Sebastião, Chã da Curicaca (fronteira com Santana do Matos), João da Cruz (limite com o municipio de Florânia) e Nossa Senhora das Vitorias (dividido com Florânia). A cidade, por sua vez, subdivide-se em 02 (dois) bairros oficiais: Centro e Frutilândia, tendo a Avenida Francisco Amaral como principal eixo urbano.
 
== Demografia e Qualidade de Vida ==
Segundos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 50.80% da população é composta por homens, enquanto 49.20% é constituída por homens. Além disso, essa fonte mostra que a faixa etária de 03-09 anos abriga a maioria da população (10.34%). Do total populacional, 78.69% vivem na zona rural, enquanto os outros 21.31% residem na área urbana do município.<br>
'''O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é 0.623,''' considerado Médio pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD, 2000). Este índice coloca Tenente Laurentino Cruz na quarta colocação dentro de sua microrregião, atrás de São Vicente, Florânia e Bodó. Já o índice que mede a desigualdade, o GINI, é 0.39.
 
== Economia ==
'''O Produto Interno Bruto (PIB) de Tenente Laurentino Cruz é de R$ 36.512,00, gerando uma renda per capita de R$ 6.572 (IBGE, 2012).''' Grande parte da composição do PIB advém do Setor Terciário da economia (Comércio e Serviços, 75.18%). Os Setores Primário (Agropecuária, 7.40%) e Secundário (Indústrias, 8.80%) contribui muito pouco, já que o município não possui um caráter industrial e fabril ou dotado do Agronegócio. Os outros 8.62% são provenientes de impostos sobre produtos líquidos.
Na agropecuária, merece ênfase a fruticultura, que movimenta a economia a partir da venda de produtos naturais para atravessadores, que os carregam para Estados das regiões Centro-oeste e Sudeste do Brasil. Neste ramo, destacam-se o caju, a pinha, a graviola e a mandioca. Já o comércio local, apesar de ser pequeno, é bastante diversificado. A pecuária, por sua vez, é mais robusta nas comunidades sertanejas, como Patacoroa e Miguel da Rocha.
 
== Política ==
O atual prefeito de Tenente Laurentino Cruz é '''Francisco Dantas de Araújo''' (PMDB) e a vice é Ana Maria de Araújo (DEM), ambos eleitos para o quadriênio 2013-2016, sob o lema “Um novo tempo”. Antes de Francisco, foram chefes do poder Executivo municipal: Airton Laurentino Júnior (1997-2004 e 2009-2012) e Joarimar Tavares de Medeiros (2005-2008). Ademais, acrescenta-se a quantidade de 09 (nove) vereadores, que compõem o poder Legislativo municipal.
 
== Infraestrutura ==
O sistema rodoviário de Tenente Laurentino Cruz ainda é precário, pois conta, apenas, com uma rodovia estadual (RN - 087), que liga o supracitado município à Florânia. Outras ligações terrestres (Lagoa Nova, São Vicente e Santana do Matos) só podem ser efetuadas a partir de estradas vicinais, sem pavimentação asfáltica. É importante mencionar que há um projeto em andamento para a construção da “Estrada da Produção”, ligando os municipios de São Tomé, Cerro Corá, Lagoa Nova, São Vicente, Bodó, Santana do Matos e Tenente Laurentino Cruz.
Na educação, cita-se a existência de 01 (uma) escola estadual, 04 (quatro) escolas municipais e 01 (uma) creche de origem privada. O município não dispõe de universidades, servindo-se, assim, dos campi da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) em Mossoró, Caicó e Assu e da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) com os campi de Currais Novos, Caicó, Santa Cruz e Natal. Os campi do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), espalhados pelo Estado, também recebem
Na saúde, a cidade conta com um Centro de saúde, um Centro de fisioterapia e uma maternidade. A zona rural detém alguns postos de saúde e Unidades Básicas de Saúde (UBS's). Casos de maior complexidade são dirigidos para as cidades de Currais Novos, Caicó e Natal.
A segurança é reforçada pela Delegacia Municipal, que possui 01 (um delegado) e pouco mais de 10 (dez) policiais militares. Ocorrências de origem investigativa são tratadas pela Delegacia de Polícia Civil de Florânia.
Tenente Laurentino Cruz é atendido pela Companhia de Água e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN) e pela Companhia Energética do Rio Grande do Norte (COSERN), que distribuem os serviços de água e energia elétrica, respectivamente, para todo o município.
No que concerne ao sistema bancário, Tenente Laurentino Cruz é atendido por 01 (uma) agência do Banco Bradesco, 01 (uma) Casa Lotérica e 01 (uma) agência dos Correios, que, além de realizar o serviço completo de postagem e entrega de correspondências postais, executa ações de saque e depósito do Banco do Brasil.
A população dispõe, ainda, dos serviços prestados pelas secretarias municipais da prefeitura, Casa da Família, Centro de Referência e Assistência Social (CRAS), 05 (cinco) Conselheiros Tutelares eleitos por voto popular, 01 (uma) Junta de Serviço Militar, 01 (um) cemitério público e 02 (dois) Sindicatos de Trabalhadores Rurais).
Recentemente, usinas de energia eólica têm instalado diversos aerogeradores no município, com a finalidade principal de aproveitamento do vento local (que é abundante). Tal fato tem como objetivo, ainda, a instalação de um parque eólico permanente.
 
== Comunicações ==
O município tem o recebimento total do sinal de telefonia móvel da TIM e da OI Telemar (para telefones fixos).
Na distribuição de internet, enfatiza-se o pioneirismo e a força dos serviços da Starconect Currais Novos.
Em relação ao sinal de televisão, há a recepção diária do sinal da Intertv Costa Branca, afiliada Rede Globo em Mossoró. Tal canal pode ser assistido a partir dos números 18 (sinal analógico) e 48 (sinal digital), além de operadoras de TV livre, como SKY, OI e Claro.
Ainda nas comunicações, Tenente Laurentino Cruz possui uma rádio comunitária, denominada 87,9 FM, cujo sinal abrange a totalidade do município. Além disso, o território recebe a frequência de rádios da região, como a 95,1 FM, de Currais Novos.
 
== Esportes ==
O principal esporte amador do município é o futebol, que conta com várias equipes e um campeonato municipal. Dentre elas, destacam-se as mais tradicionais: Grêmio, Flamengo e Palmeiras. Todavia, além do futebol, o vôlei e o futsal são praticados em grande escala.
Na infraestrutura esportiva, marcam presença 02 (duas) quadras poliesportivas urbanas e algumas (de menor porte) em comunidades rurais. Há, também, um campo revestido com areia, porém ainda sem iluminação e arquibancadas.
 
== Religiões ==
Segundo dados do IBGE (2015), 83.66% da população laurentinense se declara Católica, enquanto 11.61% se diz Protestante. Além disso, outros 2.10% afirmam não ter religião.
Há, na cidade, 02 (dois) templos catolicos, com destaque para o de São Francisco de Assis (padroeiro do município), o qual realiza sua maior festa na primeira semana do mês de Outubro. Na alegoria Protestante, verificam-se várias denominações, sobressaindo-se a Assembleia de Deus, a Igreja do Evangelho Quadrangular e a Igreja Cristã Evangélica.
Outras religiões e/ou credos são insignificantes nos limites do mencionado município.
 
Tendo com principal atividade econômica a produção de frutas tropicais como caju, pinha e graviola; castanha de caju, e produtos derivados de mandioca como farinha e fécula; conta também com uma pequena área plantada de tabaco.
== Turismo e Lazer ==
Apesar de ser um município muito jovem, Tenente Laurentino Cruz é dotado de um colossal potencial turístico, em virtude de sua localização geográfica (alto da Serra de Santana) e da existência de incontáveis mirantes naturais. Mas, nem o fato do mesmo ser o município mais elevado do Estado consegue atrair investimentos do poder publico-privado, de modo que ainda não se tem qualquer grande evento ou local turístico preservado e referenciado. Infelizmente, existem, somente, alguns balneários e uma pequena praça urbana, os quais não são capazes de refletir o potencial turístico gigantesco existente, mas ainda inexplorado.
 
<!-- 'HISTÓRIA' REMOVIDA POR VIOLAR DIREITOS AUTORAIS. NÃO COPIE NADA PARA A WIKIPÉDIA -->
== Calendário ==
# '''Fevereiro''' - Carnaval com Blocos de rua;
# '''Março/Abril''' - Tradicional Semana Santa, com distribuição pública de peixes;
# '''Junho''' - Programação da festa do co-padroeiro Santo Antônio;
# '''Julho''' - Emancipação Política;
# '''Setembro''' - Jogos Escolares da Semana da Independência - JESI;
# '''Outubro''' - Festa de São Francisco de Assis;
# '''Todos os Domingos''' - Feira livre no Mercado Público.
 
{{referências}}
185

edições