Diferenças entre edições de "História de Israel"

18 bytes removidos ,  06h09min de 17 de setembro de 2015
m
Bot: Parsoid bug phab:T107675
Etiquetas: Editor Visual Remoção considerável de conteúdo
m (Bot: Parsoid bug phab:T107675)
Após o fim do cativeiro no Egito, os israelitas vagaram pela região da [[Península do Sinai]], reconquistando uma parte de seu território original no Levante, sob o comando do rei [[Saul]] por volta de 1029 a.C, porém não há evidências arqueológicas e historiográficas que o comprovem.<ref>{{citar livro|título = A Bíblia não tinha razão|sobrenome = |nome = FINKELSTEIN, Israel & SILBERMAN, Neil Asher|edição = |local = |editora = A Girafa Editora|ano = 2003|página = |isbn = }}</ref><ref>{{citar livro|título = Bíblia verdade e ficção|sobrenome = |nome = FOX, Robin Lane.|edição = |local = São Paulo|editora = Companhia das letras|ano = 1993|página = |isbn = }}</ref> Segundo os relatos tradicionais, foi durante o reinado de Saul que, pressionados pelas constantes guerras com os povos vizinhos, as [[Tribos de Israel|12 tribos]] de Israel se unificaram, formando um único reino.
 
<nowiki> </nowiki>Saul foi sucedido por [[David]], em torno do ano 1000 a.C., que expandiu o território de Israel e conquistou a cidade de [[Jerusalém]], onde instalou a capital do seu reino. Sob o reinado de [[Salomão]] que Israel alcançou o apogeu, entre os anos [[966 a.C.]] e [[926 a.C.]].
 
[[Roboão]], filho de Salomão, sucede-lhe como rei em [[922 a.C.]]. Porém, o Reino de Israel foi dividido em dois: a Norte, o ''Reino das Dez Tribos'', também chamado de ''[[Reino de Israel]]'', e ao Sul, o ''Reino das Duas Tribos'', também chamado de ''[[Reino de Judá]]'', cuja capital ficou sendo Jerusalém.
28 755

edições