Abrir menu principal

Alterações

3 309 bytes removidos ,  12h35min de 18 de setembro de 2015
== Edição em Revolta da Chibata[editar código-fonte] ==
{{Metropolização}}
Por favor, evite fazer edições não construtivas na Wikipédia, tal como fez em Revolta da Chibata. As suas edições parecem ter constituído vandalismo e foram revertidas. Se quiser fazer testes, por favor use a página de testes. Obrigado.DARIO SEVERI (discussão) 13h44min de 6 de maio de 2015 (UTC)
[[Ficheiro:São Paulo Landsat (fotografia de satélite).jpg|thumb|250px|A [[Região Metropolitana de São Paulo]] é um exemplo de grande conurbação que continua a ocorrer entre seus 39 [[município]]s.]]
[[Ficheiro:South Florida from space NASA.jpg|thumb|250px|Vista de várias aglomerações urbanas do sul da [[Flórida]], nos [[Estados Unidos]], à noite.]]
[[Ficheiro:London Night.jpg|thumb|250px|[[Imagem de satélite]] da [[Grande Londres]] à noite]]
'''Conurbação''' (''do lat. urbis, cidade'') é a unificação da malha urbana de duas ou mais cidades, em consequência de seu crescimento geográfico<ref>''Grande Enciclopédia Larousse Cultural''; São Paulo: Nova Cultural, 1998. p. 1601. v. 7. ISBN 85-13-00761-7</ref>. Geralmente esse processo dá origem à formação de [[região metropolitana|regiões metropolitanas]]. Contudo, o surgimento de uma, não é necessariamente vinculado ao processo de conurbação.
 
== Sua edição em Destiny (jogo eletrônico) foi revertida[editar código-fonte] ==
== Características ==
Olá, e bem-vindo à Wikipédia. Todos estão convidados à fazer edições construtivas para a Wikipédia, mas pelo menos uma de suas edições recentes não parece ser construtiva e foi ''automaticamente revertida'' (desfeita) por um programa de computador automatizado.
O processo de conurbação é caracterizado por um crescimento que expande a cidade, prolongando-a para fora de seu perímetro absorvendo aglomerados rurais e outras cidades. Estas, até então com vida política e administrativa autônoma, acabam comportando-se como parte integrante da [[metrópole]]. Com a expansão e a integração, desaparecem os limites físicos entre os diferentes [[Núcleo urbano|núcleos urbanos]]. Ocorre então uma [[dicotomia]] entre o espaço edificado e a estrutura político-administrativa<ref name="ROSS">ROSS, Jurandyr. ''Geografia do Brasil''. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2005. 5. ed. ISBN 85-314-0242-5</ref>.
* Por favor, use a página de testes para qualquer teste de edições e dê uma olhada na página de boas vindas para aprender sobre como contribuir nesta enciclopédia.
* Falso positivo, erro? Clique em ''Ver histórico'' na página do artigo e desfaça a edição de Salebot.
* Vândalos contumazes estão sujeitos a consequências jurídicas. Você é identificável pelo seu IP.
* Esta é sua '''modificação'''. Erros: 682 ; 365 ; 34 ; "teste" 574. Obrigado.
<small>''Se esta mensagem está na sua página de discussão e você não compreende o porquê, é provável que o seu fornecedor de acesso à internet use endereços dinâmicos, e que seu endereço IP neste momento tenha sido usado anteriormente por outra pessoa, a quem a mensagem se destinava. Verifique a data de envio deste aviso. Se ele não corresponder com sua edição, simplesmente ignore este aviso.''</small>
--Salebot (discussão) 11h41min de 14 de maio de 2015 (UTC)
 
== Edição em Controladoria-Geral da União (Brasil)[editar código-fonte] ==
Como uma importante característica, deve-se considerar a demanda de espaço na cidade. Todas as cidades do mundo, de modo geral, são constantemente pressionadas pela demanda de espaço. Isto acaba forçando tanto a incorporação de novos territórios como o adensamento dos já ocupados. Assim, as cidades tendem a crescer, ampliando sua periferia no sentido horizontal e [[verticalização (urbanismo)|verticalizando]] as áreas centrais. Quando esse crescimento não é controlado, como acontece com as metrópoles do [[Terceiro Mundo]], o gigantismo deteriora as habitações, torna precários os serviços urbanos, desde os transportes até a segurança, e gera outros problemas<ref name="ROSS"/>.
Por favor, evite fazer edições não construtivas na Wikipédia, tal como fez em Controladoria-Geral da União (Brasil). As suas edições parecem ter constituído vandalismo e foram revertidas. Se quiser fazer testes, por favor use a página de testes. Obrigado. Nakinn <small>(discuss)</small> 11h48min de 14 de maio de 2015 (UTC)
 
== Sua edição em Dota 2 foi revertida[editar código-fonte] ==
Os [[Países desenvolvidos|países capitalistas desenvolvidos]] foram os primeiros a apresentar esse tipo de espacialização do fenômeno urbano. [[Londres]], [[Nova Iorque]], [[Paris]], [[Tóquio]], mesmo antes da [[Segunda Guerra Mundial]], já apresentavam intensos processos de conurbação<ref name="ROSS"/>.
Olá, e bem-vindo à Wikipédia. Todos estão convidados à fazer edições construtivas para a Wikipédia, mas pelo menos uma de suas edições recentes não parece ser construtiva e foi ''automaticamente revertida'' (desfeita) por um programa de computador automatizado.
 
* Por favor, use a página de testes para qualquer teste de edições e dê uma olhada na página de boas vindas para aprender sobre como contribuir nesta enciclopédia.
Principalmente após os anos 50, quando se verificou a grande [[industrialização]] do Brasil, o rápido crescimento ocorrido com as cidades brasileiras gerou um "envelhecimento" dos antigos centros, dada a grande demanda de serviços mais modernos e mais compatíveis com a nova industrialização. Isto acabou significando uma expansão desses centros, que buscavam novas áreas para crescer. Assim, a configuração dessas conurbações então consolidou-se<ref name="ROSS"/>.
* Falso positivo, erro? Clique em ''Ver histórico'' na página do artigo e desfaça a edição de Salebot.
 
* Vândalos contumazes estão sujeitos a consequências jurídicas. Você é identificável pelo seu IP.
Há casos curiosos de conurbações que se desenvolveram junto às linhas de fronteira de diferentes países. É caso das cidades de [[Santana do Livramento]], no estado do [[Rio Grande do Sul]], no [[Brasil]], e [[Rivera (Uruguai)|Rivera]], sede do departamento de mesmo nome, no [[Uruguai]]. O conjunto urbano das duas cidades, denominado tradicionalmente de "[[Fronteira da Paz]]", tem mais de 170.000 habitantes que vivem de forma integrada. É comum, por exemplo, usar o sistema de educação ou de saúde pública de uma ou da outra cidade. O comércio tem especialidades que levam o consumidor a procurar lojas no Brasil ou no Uruguai além de serem muito frequentes os casamentos "mistos" (entre cidadãos dos dois países). A divisão entre as duas cidades é feita por linhas imaginárias traçadas ao longo da malha viária e se estende por muitos quilômetros. Por isso, muitas vezes é difícil para um turista perceber que uma calçada de determinada rua se encontra em um país enquanto que a calçada em frente está no outro.<ref>{{citar web|url=http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?pid=MSC0000000012002000100053&script=sci_arttext&tlng=es|titulo=El fenómeno del bilingüismo en la comunidad fronteriza uruguayo-brasileña de Rivera|autor=Silvia Etel Gutiérrez Bottaro|acessodata=25 de novembro de 2007}}</ref>
* Esta é sua '''modificação'''. Erros: 352 ; 73 ; 33m ; 33h ; grande supressão. Obrigado.
 
<small>''Se esta mensagem está na sua página de discussão e você não compreende o porquê, é provável que o seu fornecedor de acesso à internet use endereços dinâmicos, e que seu endereço IP neste momento tenha sido usado anteriormente por out''</small>[[Categoria:Geografia urbana]]
Outro caso do gênero é a conurbação entre as cidades de [[Pedro Juan Caballero (cidade)|Pedro Juan Caballero]], no [[Paraguai]], e [[Ponta Porã]], no estado de [[Mato Grosso do Sul]], separadas apenas por uma avenida. Também vale ser mencionada a conurbação existente entre as cidades de [[Leticia (Amazonas)|Letícia]], na [[Colômbia]], e [[Tabatinga (Amazonas)|Tabatinga]], no estado do [[Amazonas]], separadas por uma avenida chamada de "Avenida da Amizade".
 
== Fluxo pendular ==
Nas cidades em processo de conurbação é comum a ocorrência do chamado [[Migração humana#Migrações Pendulares|fluxo pendular]]. O fluxo pendular é o fluxo de passageiros (em veículos particulares ou transporte público) atravessando mais de uma cidade com dois picos de maior intensidade, normalmente no período da manhã e no final da tarde. Geralmente, o sentido desse fluxo no final da tarde dirige-se às chamadas [[Cidade dormitório|cidades dormitórios]].
 
Essas migrações pendulares são simples fluxos populacionais que não correspondem verdadeiramente a migrações, pois não são realizados com intuito de mudança definitiva, estando embutida na saída do indivíduo a ideia concreta do seu retorno ao local de origem, e por isso o uso do termo "movimento pendular de população". Diferencia-se do conceito de migração por não ter caráter permanente.
Alguns exemplos de migrações pendulares: deslocamento realizado pelo [[boia-fria]]; viagens de residentes em [[cidade dormitório]], que são realizadas por pessoas que moram em uma determinada cidade e trabalham em outra; o deslocamento de fins de semana e de férias, com objetivos de lazer e descanso ([[viagem]]), que é o principal fator de congestionamentos nas estradas que partem das grandes metrópoles, em fins de semana e vésperas de feriados.
 
{{referências}}
 
== {{Ver também}} ==
{{portal|Portal=[[Portal:Geografia|Portal de Geografia]]}}
* [[Região metropolitana]]
* [[Megalópole]]
* [[Lista de regiões metropolitanas do Brasil]]
 
[[Categoria:Geografia urbana]]
[[Categoria:Urbanismo]]
[[Categoria:Termos geográficos]]
Utilizador anónimo