Diferenças entre edições de "Ragtime (filme)"

4 bytes adicionados ,  18h12min de 19 de setembro de 2015
m (Página marcada como sem fontes (usando FastButtons))
== Sinopse ==
{{Spoilers}}
Várias tramas paralelas no início do século XX retratam a história de personagens como a corista [[Evelyn Nesbit]], uma beldade da época, que se projeta casando com um milionário, Harry K. Thaw. Thaw ficou bastante irritado com Stanford White, um arquiteto que fez uma estátua nua que está em local público e que supostamente usara Evelyn como modelo. Quando Harry vai tomar satisfações com Stanford, que estava com vários amigos em uma "festinha", ele o ameaça dizendo que vai contar para a polícia o que acontece ali. White diz que poderia contar tudo para Rheinlander Waldo, um comissário de polícia que participava dos "festejos". Thaw sai do salão indignado, mas estava claro que o problema não tinha sido resolvido e algo muito grave ainda iria acontecer. Além disto há Tateh (Mandy Patinkin), um ex-aristocrata russo que agora é um modesto vendedor e que se torna um diretor de cinema e provoca a paixão de uma esposa conservadora, que está frustrada por aturar um marido que a trata de forma fria, e o irmão dela, um fabricante de fogos de artifício, que fica totalmente apaixonado por Evelyn.
 
A vida de um pianista de bar, Coalhouse Walker Jr., um afro-americano, também é afetada após sofrer humilhações e ter seus direitos ignorados pela polícia por ser negro. Como pianista, precisava ir de carro a fim de tocar com sua orquestra. No caminho, alguns bombeiros fecharam a rua e, para provocá-lo, lhe cobraram "pedágio" altíssimo. Contrariado, Walker saiu do carro, e foi chamar um guarda. O guarda veio, e Walker notou que o carro não estava mais no lugar. Os bombeiros o haviam empurrado a um quarteirão dali e deixaram o assento cheio de estrume. Walker exigiu que o guarda prendesse os provocadores, mas este recusou e pediu que o próprio Walker limpasse o assento e fosse embora. Com a recusa de Walker, o guarda prendeu o pianista por obstruir a saida do quartel dos bombeiros. Daí pra frente Walker tenta de todo modo lutar por leis de igualdade entre as raças. Mas quando sua mulher vai pedir ajuda num comício do vice-presidente e morre espancada por um dos guardas, Walker decide fazer justiça com as próprias mãos.
37 740

edições