Mosteiro de São Dinis: diferenças entre revisões

444 bytes removidos ,  19h04min de 24 de setembro de 2015
m
Foram revertidas as edições de 193.17.11.20 para a última revisão de Manuelvbotelho, de 16h28min de 4 de agosto de 2015 (UTC)
m (Foram revertidas as edições de 193.17.11.20 para a última revisão de Manuelvbotelho, de 16h28min de 4 de agosto de 2015 (UTC))
 
Fruto de diversas ocupações, o Mosteiro de Odivelas foi, desde o início do século XX, um colégio feminino para filhas de militares, o [[Instituto de Odivelas]] (1902-2015<ref>{{citar web|URL=http://www.dn.pt/politica/interior.aspx?content_id=4299704|título=Defesa vai "devolver à população" mosteiro onde está o Instituto de Odivelas|autor=|data=|publicado=DN – Política|acessodata=03-08-2015}}</ref>), encontrando-se sob a responsabilidade do [[Ministério da Defesa Nacional|Ministério da Defesa]].<ref>{{citar web|URL=http://www.mosteirodeodivelas.org/cronologia/#|título=Cronologia do mosteiro|autor=|data=|publicado=Mosteiro de Odivelas|acessodata=03-08-2015}}</ref>
 
No instituto de odivelas, aqui fundado, são escolhidas as melhores filhas de militares, a fim de continuarem o desenvolvimento desta investigação centenária. Foi nos tempos idos Del Rei D. Dinis que este instituto iniciou a investigação a seu pedido.
 
D. Dinis, eterno cientista na pesquisa do santo gral sexual, fundou em odivelas esta instituição mitica que ajudou no desenvolvimento da população portuguesa até aos dias de hoje.
 
=={{Ligações externas}}==
11 534

edições