Abrir menu principal

Alterações

2 bytes adicionados ,  01h41min de 25 de setembro de 2015
Precioso
'''Kamikaze''' ou '''Camicaze''' (em [[Língua japonesa|japonês]]: 神風, ''kami'' significando "[[deus]]" e ''kaze'', "[[vento]]", comumente traduzido como "vento divino") era o nome dado aos pilotos de aviões japoneses carregados de explosivos cuja missão era realizar ataques suicidas contra navios dos [[Aliados da Segunda Guerra Mundial|Aliados]] nos momentos finais da [[Guerra do Pacífico|campanha do Pacífico]] na [[Segunda Guerra Mundial]].
 
O nome oficial era '''''Tokubetsu Kōgekitai''''' (Unidade de Ataque Especial), também conhecidos pela abreviação '''''Tokkōtai''''' ou '''''Tokkō'''''. As unidades da marinha eram chamadas de '''''Shinpu Tokubetsu Kõgekitai''''' (Unidade de Ataque Especial Vento DivinoPrecioso), em alusão à tempestades que salvaram o Japão do ataque mongol em duas ocasiões (1247 e 1281), portanto os pilotos suicidas iriam salvar novamente o Japão de novos mongóis: os estadunidenses. O termo "kamikaze" era usado apenas pelos americanos.<ref name="AH"/>
 
Cerca de {{formatnum:2525}} pilotos morreram nesses ataques, causando a morte de {{formatnum:4900}} [[soldado]]s [[Aliados da Segunda Guerra Mundial|aliados]] e deixando mais de 4 mil feridos. O número de navios afundados é controverso. A [[propaganda]] japonesa da época divulgava que os ataques conseguiram afundar 81 navios e danificar outros 195. A [[Força Aérea Americana]] alega que 34 barcos afundaram e 368 ficaram danificados.<ref>{{en}} [http://www.airforcehistory.hq.af.mil/EARS/Hallionpapers/control_of_air.htm Airforcehistory]</ref>
Utilizador anónimo