Diferenças entre edições de "Nazismo no Brasil"

398 bytes adicionados ,  03h48min de 28 de setembro de 2015
Desfeita a edição 43518642 de 2804:14C:37:273A:E03F:DC73:80B3:667F
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel Remoção considerável de conteúdo
(Desfeita a edição 43518642 de 2804:14C:37:273A:E03F:DC73:80B3:667F)
Alguns crimes cometidos por neonazistas chamaram a atenção da [[mídia]] brasileira. Em 2003, por exemplo, um grupo de [[skinhead white power|''skinheads'' neonazistas]] obrigou dois jovens ''[[Cultura punk|punk]]s'' a pular de um trem em movimento em [[Mogi das Cruzes]].<ref name="Bras">[http://brasildefato.com.br/content/neonazistas-brasileiros-saem-da-toca]</ref> Um deles morreu e o outro perdeu um braço.<ref name="Bras" /> Em [[São Paulo (estado)|São Paulo]], o ressurgimento do movimento nazista tem suas origens na década de 1980, quando surgiram os "[[Carecas do ABC]]", grupo de [[extrema-direita]] que se opunha ao movimento sindical liderado por [[Luiz Inácio Lula da Silva]], surgido na [[Região do Grande ABC|mesma região]].<ref name="Bras" /> Desde então, a possibilidade de comunicação pela internet ampliou as fronteiras do movimento.<ref name="Bras" /> O site Valhala88, desativado em 2007, chegou a receber 200 mil visitas diárias por usuários do país.<ref name="Bras" />
 
Segundo a antropóloga Adriana Dias, da [[Unicamp]], estudiosa da questão do neonazismo no Brasil, o acalorado debate na [[eleição presidencial brasileira de 2010|eleição presidencial de 2010]], deu fôlego ao movimento.<ref name="Bras" /> Para ela, "a questão do preconceito aos [[Região Nordeste do Brasil|nordestinos]] (...) vem desde as eleições do Lula. Na eleição da [[Dilma Rousseff|Dilma]], isso se radicalizou muitíssimo porque foi levantada a questão do [[aborto]], do [[casamento gay]]".<ref name="Bras" /> Segundo Adriana, há dois grandes grupos etários de neonazistas no Brasil.<ref name="Bras" /> O primeiro tem entre 18 e 25 anos e o segundo tem entre 35 e 45 anos, e seria o líder do primeiro. {{esclarecer|Um grupo líder do outro?}}<ref name="Bras" /> CSegundo ela, a leitura dos neonazistas é composta por [[William Patch]], [[Thomas Haden]], [[Miguel Serrano]] e [[Olavo de Carvalho]].<ref name="Bras" /> Atualmente, a região com o maior número de simpatizantes do neonazismo é o [[Região Sul do Brasil|Sul]], com mais de 105 mil; são considerados simpatizantes os internautas que baixam mais de 100 arquivos de sites neonazistas.<ref name="EBC"></ref>
 
== Ver também ==
84

edições