Diferenças entre edições de "Chorozinho"

641 bytes removidos ,  14h30min de 2 de outubro de 2015
m
Texto repetido em "História".
m (Pequenos ajustes.)
m (Texto repetido em "História".)
 
A região às margens do [[Rio Choró]] era habitada por índios de etnias como os: [[Jenipapos-canindés|Jenipapo]], [[Canindés|Kanyndé]],<ref name="ReferenceB">Sebok. Lou, Atlases published in the Netherlands in the rare atlas collection. Compiled and edited by Lou Seboek. National Map Collection (Canada), Ottawa. 1974</ref> Choró e Quesito.
 
No Século XVIII,<ref name="biblioteca.ibge.gov.br">http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/ceara/pacajus.pdf</ref> nestas terras foi instalada a '''Missão dos [[Paiacus|Paiacu]]'''.
É um núcleo urbano que surgiu devido aos projetos de combate a [[seca]] entre 1932 e 1934. No lugar denomindado '''Curais Velhos''' foi construído a ponte do [[BR 116]] sobre o [[Rio Choró]]. Do acampamento dos engenheiros do [[DNOCS]] e dos operários empregados desta construção surge o povoamento, que cresceu ao redor desta base de apoio e da capela de Santa Terezinha, que depois transformar-se-ia em município.<ref name="ReferenceA"/>
 
=== Clima ===
 
No Século XVIII,<ref name="biblioteca.ibge.gov.br"/> nestas terras foi instalada a '''Missão dos [[Paiacus|Paiacu]]'''.
É um núcleo urbano que surgiu devido aos projetos de combate a [[seca]] entre 1932 3e 1934. No lugar denomindaodenominado '''Curais Velhos''' foi construído a ponte do [[BR 116]] sobre o [[Rio Choró]]. Do acampamento do engenheiros do [[DNOCS]] e dos operários empregados desta construção surge o povoamento, que cresceu ao redor desta base de apoio e da capela de Santa Terezinha, que depois transformar-se-ia em município.<ref name="ReferenceA"/>
 
== Economia ==
1 691

edições