Diferenças entre edições de "Conferência de Ialta"

60 bytes removidos ,  11h07min de 6 de outubro de 2015
[[Imagem:Yalta summit 1945 with Churchill, Roosevelt, Stalin.jpg|thumb|200px|right|[[Winston Churchill|Churchill]], [[Franklin D. Roosevelt|Roosevelt]] e [[Josef Stalin|Stalin]] durante a conferência.]]
'''''A''''' '''''Conferência de Ialta, ou''''' '''''Conferência de Yalta, também chamada de [[Conferência]] da [[Crimeia]], é composta por um conjunto de reuniões ocorridas entre [[4 de fevereiro|4]] e [[11 de fevereiro]] de [[1945]] no [[Palácio Livadia]], na estação balneária de [[Yalta]], nas margens do [[Mar Negro]], na Crimeia. Foi a segunda das três conferências em tempo de guerra entre os líderes das principais nações [[Aliados|aliadas]] (a anterior ocorreu em [[Teerã]], e a posterior em [[Potsdam]]).'''''
 
'''''Os chefes de governo dos [[Estados Unidos]] ([[Franklin D. Roosevelt]]) e da [[União Soviética]] ([[Josef Stalin]]), e o [[primeiro-ministro]] do [[Reino Unido]] ([[Winston Churchill]]) reuniram-se em segredo em [[Ialta]] para decidir o fim da [[Segunda Guerra Mundial]] e a repartição das zonas de influência entre o Oeste e o Leste.'''''
 
'''''Em [[11 de fevereiro]] de [[1945]], eles assinam os acordos cujos objetivos são de assegurar um fim rápido à guerra e a estabilidade do mundo após a vitória final.'''''
 
'''''Estes acordos são essenciais para a compreensão do mundo pós-guerra. Mesmo se suas interpretações pelos [[historiador]]es são diversas e variadas, vários deles estão de acordo sobre diversos pontos dos acordos. As diretrizes afirmadas nesta reunião determinaram boa parte da ordem durante a [[Guerra Fria]], precisando as zonas de influência e ação dos blocos antagônicos, [[Capitalismo|capitalista]] e [[Socialismo|socialista]]. Contudo, em [[1991]], após a [[queda da União Soviética]], o ambiente internacional entrou em um período de transição, abandonando estes preceitos.'''''
 
==Ver também==
Utilizador anónimo