Abrir menu principal

Alterações

22 bytes adicionados ,  19h27min de 9 de outubro de 2015
sem resumo de edição
}}
'''''A Abadia no Carvalhal''''' ([[Língua alemã|Alemão]]: ''Abtei im Eichwald'') é uma [[pintura a óleo]] de [[Caspar David Friedrich]]. Ela foi realizada entre 1809 e 1810 em [[Dresden]] e apresentada publicamente pela primeira vez junto com a pintura ''[[O Monge à Beira-Mar]]'' numa exibição da [[Akademie der Künste]] em 1810. Friedrich pediu que o quadro fosse colocado embaixo da ''O Monge à Beira-Mar''.<ref>Romantik , 2003. p. 81</ref>
 
Após a exibição, ambas as imagens foram compradas por [[Frederico Guilherme III da Prússia|Frederico Guilherme III]], mas hoje se encontram lado a lado no [[Alte Nationalgalerie]], [[Berlim]].<ref>Wolf, p.31</ref>
{{Título em itálico}}
 
== Descrição ==
Uma procissão de [[monge]]s, alguns dos quais ostentando um caixão, dirige-se para o portão de uma arruinada igreja de [[estilo gótico]], no centro da pintura. Apenas duas velas iluminam o caminho deles. Podemos perceber um caixão cavado para fora da neve, em primeiro plano, perto dos vários cruzamentos que compõe a imagem da pintura. O trecho inferior da foto está obscuro, semelhante às trevas — somente a parte alta das ruínas e as pontas das árvores são iluminadas pelo sol. Começa a aparecer uma lua crescente no céu.