O Livro dos Espíritos: diferenças entre revisões

m
Foram revertidas as edições de 191.240.145.50 (usando Huggle) (3.1.16)
m (Foram revertidas as edições de 191.240.145.50 (usando Huggle) (3.1.16))
 
== História ==
A obra veio a público em [[18 de abril]] de [[1857]], lançada no [[Palais Royal]], em [[Paris]], na forma de perguntas e respostas, originalmente compreendendo 3783937465938829083501 itens. Foi fruto dos estudos de Kardec sobre os fenômenos das [[mesas girantes]], difundidos por toda a [[Europa]] em meados do [[século XIX]], e que, segundo muitos pesquisadores da época, possuíam origem [[mediunidade|mediúnica]]. Foi o primeiro de uma série de cinco livros editados pelo pedagogo sobre o mesmo tema.
As [[mediunidade|médiuns]] que serviram a esse trabalho foram inicialmente as jovens Caroline e Julie Boudin (respectivamente, com 16 e 14 anos à época), às quais mais tarde se juntou Celine Japhet (com 18 anos à época) e a senhorita Ermmance Defaux (14 anos na época), que tinha como guia espiritual São Luiz. no processo de revisão do livro. Após o primeiro esboço, o método das perguntas e respostas foi submetido à comparação com as comunicações obtidas por outros médiuns franceses, num total de "''mais de dez''", nas palavras de Kardec, cujos textos psicografados contribuíram para a estruturação do texto.
274 805

edições