Consoles de jogos eletrônicos de segunda geração: diferenças entre revisões

sem resumo de edição
m (Bot: A migrar 13 interwikis, agora providenciados por Wikidata em d:Q129787)
Na [[história dos consoles de videogame]], a '''segunda geração''' compreende os [[consoles de videogame|consoles]] lançados entre os anos de [[1976]] e [[1984]], dentre os quais destacam-se o [[Atari 2600]] e o [[Magnavox Odyssey²]]. Essa segunda geração tinha aparelhos com processadores de [[4-bit|4]] e [[8-bit]].
 
Alguns destaques que diferenciam esta geração da [[Consoles de videogame de primeira geração|anterior]]:
*Lógica de jogo baseada no microprocessador.
*Inteligência artificial em oponentes controlados por computador, permitindo obstáculos para [[Jogo eletrônico para um jogador|um jogador solitário]].
*[[Cartucho (jogo eletrônico)|Cartucho eletrônico]] para armazenar dados de jogos, permitindo jogos diferentes em um só cartucho.
*O campo de jogo pode conter mais de uma tela, fazendo o jogador a explorar outras áreas.
*[[Sprite (computação gráfica)|Sprites]] aparentam ser simples e constituídas de blocos.
*A tela de todo o jogo é sempre dimensionada a 160x192 [[píxel|píxeis]], contendo um paleta de 2 cores (1-bit) a 16 cores (4-bits).
*A maioria dos consoles da geração contém até três canais independente de som.
*Ausência de conteúdos da [[Consoles de videogame de terceira geração|terceira geração]] como: gráficos em ''tiles'' com deslocamento, o uso dos controladores D-Pad, mais de 16 cores na tela.
 
 
== História ==
Utilizador anónimo