Afetividade: diferenças entre revisões

7 bytes removidos ,  13h54min de 27 de outubro de 2015
m (Foram revertidas as edições de 188.81.245.202 para a última revisão de 186.230.20.242, de 16h10min de 4 de abril de 2015 (UTC))
Nossa vida afetiva é composta de dois afetos básicos: o amor e ódio. Esses dois afetos estão presentes em nossa vida psíquica e também estão juntos em nossas expressões, ações e pensamentos.
 
A afetividade não se vive por por estes meros sentimentos e sim pela prática, pela ação que vem oriunda do sentimento. Afeto é uma atitude, e não somente um sentimento. A relação de mãe para com os filhos filhos é afeto natural. Já as relações afetivas de amizade ou de amor, precisam ser cultivadas.
 
Freud, quando postulou o complexo de Édipo concebeu como o conflito desses afetos básicos (ambivalência de sentimentos),pois que uma de suas principais dimensões é a oposição entre “um amor fundamentado e um ódio não menos justificado, ambos dirigidos à mesma pessoa. ”Portanto o amor e ódio estão juntos em nossas expressões ações e pensamentos.
Utilizador anónimo