Diferenças entre edições de "Filipe, o Árabe"

507 bytes adicionados ,  22h46min de 27 de outubro de 2015
sem resumo de edição
m (Removing Link GA template (handled by wikidata))
 
== Carreira política ==
Era descendente de uma aristocrática família de origem árabe. Firmou a paz com o exército persa, mas foi derrotado pelos exércitos das províncias [[Rio Danúbio|danubianas]], sob o comando de [[Décio]], que o sucedeu. Pela tradição, teria sido o primeiro imperador cristão, batizado pelo [[papa Fabiano]]. Durante o seu governo, procedeu-se à celebração do milénio da cidade de Roma ([[247]]), e para celebrar essa data realizou jogos seculares (''ludi saeculares'') onde mais de mil [[Gladiador|gladiadores]] e centenas de animais exóticos trazidos da [[África]], tais como [[Leão|leões]], [[girafa]]s, [[leopardo]]s, [[hipopótamo]]s e um [[rinoceronte]], foram mortos diante do público do [[Coliseu]] em [[248]].<ref>FURTADO, Peter. ''1001 dias que abalaram o mundo''. trad. de Fabiano Morais, Fernanda Abreu e Pedro Jorgensen Junior. Rio de Janeiro: Sextante, 2009.</ref>
 
 
|depois=[[Décio]]}}
{{Termina caixa}}
 
 
{{Referências}}
 
 
{{DEFAULTSORT:Filipe, O Arabe}}