Diferenças entre edições de "Vértice (teoria dos grafos)"

1 byte removido ,  17h33min de 30 de outubro de 2015
sem resumo de edição
m (Bot: A migrar 15 interwikis, agora providenciados por Wikidata em d:Q1304193)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
[[Ficheiro:6n-graf.svg|thumb|Um grafo com 6 vértices e 7 arestas onde o vértice da extrema-direita é um '''vértice-folha''' ou um '''vértice-pendente'''.]]
 
Em [[teoria dos grafos]], um '''vértice''' (plural '''vértices''') ou '''nodo''' é a unidade fundamental da qual os grafos são formados: um [[Grafo|grafo não dirigido]] consiste de um conjunto de vértices e um conjunto de arestas (pares de vértices não ordenados), enquanto um [[Quiver|digrafo]] é constituído por um conjunto de vértices e um conjunto de arcos (pares ordenados de vértices). Do ponto de vista da teoria dos grafos, vértices são tratados como objetos inexpressivos e indivisíveis, embora possam ter uma estrutura adicional, dependendo da aplicação a partir da qual surge o grafo; por exemplo, uma [[rede semântica]] é um grafo no qual os vértices representam conceitos ou classes de objetos.
 
Os dois vértices formando uma aresta são ditos suas extremidades e a aresta é dita que é incidente para com os vértices.<ref name=even>{{Referência a livro|autor=Even, Shimon|título=Graph Algorithms|subtítulo=|idioma=|edição=|local=Rockville, Maryland|editora=Computer Science Press|ano=1979|páginas=249|volumes=|volume=|id=ISBN 0-914894-21-8}}</ref> Um vértice ''w'' é dito ser adjacente a outro vértice ''v'' se o grafo contém uma aresta (''v'',''w'').<ref name=szwarcfiter>{{Referência a livro|autor=Szwarcfiter, Jayme Luiz|título=Grafos e algoritmos computacionais|subtítulo=|idioma=|edição=|local=Rio de Janeiro|editora=Campus|ano=1988|páginas=|volumes=|volume=|id=ISBN 85-7001-341-8}}</ref> A [[adjacência (teoria dos grafos)|adjacência]] de um vértice ''v'' é um [[subgrafo induzido]] do grafo, formado por todos os vértices adjacentes a ''v''.
Utilizador anónimo