George Boole: diferenças entre revisões

9 bytes removidos ,  15h27min de 2 de novembro de 2015
sem resumo de edição
== Biografia ==
 
OmjhjjhjhjO pai de Boole tinha uma pequena loja de sapatos em Ballintemple. O que se esperava das crianças desta classe era que aprendessem o mínimo de [[catecismo]] para que não ultrapassassem o limite de obediência aos que se encontravam em boa situação financeira. Os filhos destes aprendiam um pouco de [[Língua latina|latim]], e não [[Língua grega|grego]], passando a ser considerados senhores. Na escola por ele frequentada, o latim não era ensinado. Resolveu aprender esta língua por acreditar ser este o caminho para uma posição superior.
 
A única orientação que pôde obter foi a do dono de uma livraria que lhe deu algumas noções de [[gramática]]. Continuou sozinho e, aos doze anos, traduziu os versos de [[Horácio]] para o [[Língua inglesa|inglês]]. Seu pai, orgulhoso, levou o trabalho para o jornal local que o publicou, deflagrando duas correntes: uma elogiando e outra humilhando Boole. Um professor de línguas clássicas duvidou de que um menino de doze anos pudesse realizar tal tradução. Desafiado, decidiu melhorar o domínio de latim, acrescentando o grego. O aprendizado inicial de [[matemática]] lhe foi dado por seu pai. Tendo terminado a escola pública fez um curso comercial, tornando-se mais realista relativamente ao seu futuro. Aos dezesseis anos começou a dar aulas, a fim de ajudar seus pais, embora o que ganhasse fosse muito pouco.
Utilizador anónimo