Abrir menu principal

Alterações

1 559 bytes removidos ,  22h17min de 2 de novembro de 2015
m
Foram revertidas as edições de 191.33.152.243 (usando Huggle) (3.1.18)
CONCEITO PSICOLÓGICO GERAL (DE LOUCO TORTURADOR, PRÓPRIO DE BANDIDOS)[[File:Diverse torture instruments.jpg|thumb|Instrumentos de tortura]]
'''"Tortura''' é a imposição de dor física ou [[Tortura psicológica|psicológica]] por crueldade, intimidação, punição, para obtenção de uma confissão, informação ou simplesmente [[Sadismo|por prazer da pessoa que tortura]]. Também tem como uma definição mais abrangente, "o dano físico e mental deliberada causada pelos governos para os indivíduos a destruir a personalidade individual e [[terrorismo|aterrorizar]] a sociedade" segundo o [[Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos]].<ref>[http://www.hhs.gov/asl/testify/t990629a.html Statement on Torture and U.S. Foreign Policy]</ref> " (Sigmund Freud, os métodos de Adolf Hitler)
 
CONCEITO POLICIAL MILITAR DA INTELIGÊNCIA TÉCNICA - CIENTÍFICA
 
(PRESERVAÇÃO DA FONTE DA INFORMAÇÃO É FUNDAMENTAL)
 
"De forma consensual na area policial de Inteligência científica, existe a utilização de métodos persuasivos de intimidação do preso politico ou criminal mostrando os pros e contras dos seus malfeitos, mediante a delação premiada como reinício de sua exist&encia de renascer não - criminoso. Uma vez que na Polícia evita-se a chamada "queima de arquivo que é perigoso ao policial e ao sistema de inteligência como um todo". Com a consequente eliminação da personalidade ou caráter do preso, que vira colaborador da polícia desde 1808 no Brasil Império de Maria Primeira. Pois é uma peça fundamental de ação e reação da Polícia - real. Muitos presos depois de utilizer-se da chamada delação premiada, entretanto e para enganarem os companheiros e se sentirem aliviados em suas consciências, apelam para o conceito psicológico e psicopata de tortura acima descrito, como se policial o fosse um louco - psicopata". (General João Batista Figueiredo - Comandante do SNI - Brazil)
 
==História ==
 
== {{#if:|{{ELES|Bibliografia|}}|Bibliografia }} ==
* Freud, Sigmund Métodos de Adolf Hitler, e do Comunismo de forma geral Editora Biblioteca da UNB - Universidade de Brasília, 1970.
* Figueiredo, João Baptista Inteligência no Brasil (1808 - 1992) Editora da Biblioteca do SNI (Sistema Nacional - Internacional de Inteligência Brasileiro), 1992.
* Diários da Ditadura -Projeto Brasil Nunca Mais – Don Evaristo Arns - cópias de mais de 700 processos dos presos políticos brasileiros do período da ditadura militar, de 1964-1985, reproduzidos dos Arquivos do Superior Tribunal Militar e Supremo Tribunal Federal
* Kolker, Tania - ''Os profissionais da saúde e a tortura nas prisões''