Diferenças entre edições de "Discussão:Movimento ex-gay"

1 345 bytes adicionados ,  00h07min de 3 de novembro de 2015
m
(bot: revertidas edições de Eduamf ( modificação suspeita : -22), para a edição 39341471 de Danilo.bot)
Legal uma referência que eu sei nem ao mínimo vc foi procurar no google já que não tinha um link para tais afirmações , está claríssimo seu bias([[Usuário(a):Thepalerider2012|Thepalerider2012]] ([[Usuário(a) Discussão:Thepalerider2012|discussão]]) 05h33min de 6 de setembro de 2013 (UTC))
:Não estou me referindo sobre a edição em que você apagou o termo "cristão fundamentalista" (que está errada de qualquer forma, visto que a informação estava referenciada). Acima, eu estava me referindo ao conteúdo válido e referenciado de um político sobre o assunto e que você insiste em eliminar. Você retira conteúdo porque não gosta e acha que isso justifica alguma coisa. E pior, faz isso através de guerras de edições e ataques pessoais, achando que assim vai conseguir manter seu ponto de vista na página. Não é porque você considera a opinião de alguma pessoa "irrelevante" que a comunidade deve concordar com você. A propósito, o correto é "viés", não "bias". [[Usuário:Chronus|Chronus]] ([[Usuário Discussão:Chronus|discussão]]) 05h38min de 6 de setembro de 2013 (UTC)
 
Não parece sensato colocar opiniões sobre um termo em sua explicação. Ex-gay é aquele que deixou a prática homossexual e pronto. A Wikipedia não é um fórum e, com todo respeito, projetos ativistas como o LGBT não deveriam conter seus impulsos para não desacreditar o projeto Wikipedia no Brasil. Cada artigo deve descrever o significado do termo. Acréscimos não devem pertencer ao parágrafo principal, por distorcer aquilo que seria uma enciclopédia, onde históricos devem fazer parte de um tópico. Se há posicionamento de que não existe ex-gay, apesas deles próprios dizerem que o são, fica estranho alegar afirmação de promotores ou juízes como fonte. Exite ex-viciado? ex-ladrão? ex-vascaíno? O que estão chamando de gay? Alguém que tenha sentido em algum momento um impulso homosexual é gay? Mas e se o gay sentir um impulso heterossexual, é hétero? E se o impulso parte da curiosidade, não sei se isso existe. A questão é interna corporis da pessoa, logo, o melhor é organizar as coisas, tirar afirmações de quem não tem a competência para fazê-las e se há dúvida por conta de competentes que dizem diferente, então apresentar os dois lados de forma justa para que o LEITOR decida! --[[Usuário:Eduamf|Eduamf]]<sup>[[Usuário Discussão:Eduamf|Msg]]</sup> 00h07min de 3 de novembro de 2015 (UTC)
317

edições