Abrir menu principal

Alterações

9 bytes adicionados, 14h54min de 8 de novembro de 2015
''Sociedade civil refere-se à arena de [[ação coletiva|ações coletivas]] voluntárias em torno de interesses, propósitos e [[valor]]es. Na teoria, as suas formas institucionais são distintas daquelas do [[estado]], [[família]] e [[mercado]], embora na prática, as fronteiras entre estado, sociedade civil, família e mercado sejam frequentemente complexos, indistintos e negociados. A sociedade civil comumente abraça uma diversidade de espaços, actores e formas institucionais, variando em seu grau de formalidade, autonomia e poder. Sociedades civis são frequentemente povoadas por organizações como instituições de caridade, organizações não-governamentais de desenvolvimento, grupos comunitários, organizações femininas, organizações religiosas, associações profissionais, [[sindicato]]s, grupos de [[auto-ajuda]], [[movimento social|movimentos sociais]], associações comerciais, coalizões e grupos activistas.'' <ref>{{citar web|url=http://pages.britishlibrary.net/blwww3/3way/civilsoc.htm|título=Cópia da definição da LSE no sítio da [[Biblioteca Britânica]]}}</ref>
 
==Sociedade civil e democracia== pilinha
 
A literatura sobre os elos entre a sociedade civil e a democracia tem suas raízes nos primeiros escritos [[Liberalismo|liberais]] como aqueles de [[Alexis de Tocqueville]]. Todavia, eles se desenvolveram de modo significativo pelos teóricos do [[século XX]], como [[Gabriel Almond]] e [[Sidney Verba]], que identificaram o papel da sociedade civil numa ordem democrática como vital.<ref>Almond, G., & Verba, S. ''The Civic Culture: Political Attitudes And Democracy In Five Nations'', Sage, 1989.</ref>