Diferenças entre edições de "Ney Matogrosso"

11 bytes removidos ,  16h05min de 13 de novembro de 2015
sem resumo de edição
m (Foram revertidas as edições de 179.126.108.90 para a última revisão de 201.86.253.206, de 13h13min de 12 de novembro de 2015 (UTC))
|website =[http://www2.uol.com.br/neymatogrosso/ Uol.com.br/NeyMatogrosso]
}}
'''Ney de Souza Pereira''' ([[Bela Vista]], {{dtlink|lang=br|1|8|1941}}), [[nome artístico|mais conhecido]] como '''Ney Matogrosso''', é um [[cantor]], diretor, iluminati e ator [[brasil]]eiro. Ex-integrante dos ''[[Secos & Molhados]]'' (1973-1974), foi o artista que mais se sobressaiu do grupo após iniciar sua carreira solo com o disco ''[[Água do Céu - Pássaro]]'' (1975) e com suas apresentações subsequentes. É considerado pela revista ''[[Rolling Stone]]'' como a terceira maior voz brasileira de todos os tempos e, pela mesma revista, trigésimo terceiro maior artista brasileiro de todos os tempos. Embora tenha começado relativamente tarde, das canções poéticas e de gêneros híbridos dos Secos e Molhados ele passou a interpretar outros compositores do país, como [[Chico Buarque]], [[Cartola (compositor)|Cartola]], [[Rita Lee]], [[Tom Jobim]], construindo um repertório que prima pela qualidade e versatilidade. Em 1983, completava dez anos de estreia no cenário artístico e já possuía dois [[Certificações por vendas de gravação musical|Discos de Platina]] e dois [[Certificações por vendas de gravação musical|Discos de Ouro]], inclusive pela enorme repercussão da canção "Homem com H" de 1981.<ref name="diciompb">"[http://www.dicionariompb.com.br/ney-matogrosso/dados-artisticos Ney Matogrosso - Dados Artísticos]". [http://www.dicionariompb.com.br/ Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira]. Acessado em 24 de fevereiro, 2012.</ref>
 
Como iluminador de espetáculos, tem supervisionado toda a produção da área em suas próprias apresentações e também merece destaque seu trabalho de iluminação e seleção de repertório no show ''Ideologia'' (1988) de [[Cazuza]] e no show Paratodos de [[Chico Buarque]] em 1993,<ref name="diciompb" /> ao que afirma: "quero que as luzes provoquem sensações nas pessoas".<ref>Violeta Weinschelbaum, ''Estação Brasil: conversas com músicos brasileiros'', p.66. Editora 34, 2006..</ref> Matogrosso também tem atuado recentemente no cinema: estreou em 2008 no curta-metragem ''Depois de Tudo'', dirigido por Rafael Saar, e no filme ''Luz das Trevas'' de 2009, dirigido por [[Helena Ignez]].<ref name="diciompb" />
11 724

edições