Diferenças entre edições de "O Presidente Negro"

7 bytes adicionados ,  17h21min de 17 de novembro de 2015
m
m
Ayrton, desastrado cobrador da empresa ''Sá, Pato & Cia.'' sofre um acidente automobilístico na região de [[Nova Friburgo]], no atual [[Rio de Janeiro|estado do Rio de Janeiro]], e é resgatado pelo recluso professor Benson, que o leva para sua residência. Ali, ele trava contato com Miss Jane, a bela e racional filha do cientista, e com a grande invenção de Benson, o "porviroscópio", um dispositivo que permite ver o futuro.
 
Através de Jane, Ayrton é posto a par da disputa pela [[Casa Branca]] nos [[Estados Unidos da América]] do ano 2228, onde a divisão do eleitorado [[branco (pessoa)|branco]] entre homens (que querem reeleger o presidente Kerlog) e mulheres (que pretendem eleger a [[feminismo|feminista]] Evelyn Astor), transforma o candidato [[negros|negro]], Jim Roy, no 88° presidente dos [[EUA]].
 
A alegria dos negros, contudo, dura pouco. Incapazes de aceitar esportivamente a derrota, os brancos (agora novamente unidos) elaboram uma "[[solução final]]" para o "problema negro", muito mais sutil e eficaz do que aquela que foi elaborada por [[Hitler]] para os [[judeus]], pouco mais de uma década e meia após o lançamento do livro de Lobato.
27 168

edições