Abrir menu principal

Alterações

8 bytes adicionados, 08h49min de 23 de novembro de 2015
→‎Peças: Corrigir ligação interna
 
== Peças ==
Os estudiosos costumam anotar quatro períodos na carreira de dramaturgia de Shakespeare. Até meados de 1590, escreveu principalmente comédias, influenciado por modelos das peças romanas e italianas. O segundo período iniciou-se aproximadamente em 1595, com a tragédia ''[[Romeo and Juliet|Romeu e Julieta]]'' e terminou com ''[[JuliusJúlio CaesarCésar (peça)|A Tragédia de Júlio César]]'', em 1599. Durante esse tempo, escreveu o que são consideradas suas grandes comédias e histórias. De 1600 a 1608, o que chamam de "período sombrio", Shakespeare escreveu suas mais prestigiadas tragédias: ''[[Hamlet]]'', ''[[King Lear|Rei Lear]]'' e ''[[Macbeth]]''. E de aproximadamente 1608 a 1613, escrevera principalmente [[tragicomédia]]s e romances.{{Carece de fontes}}
 
Os primeiros trabalhos gravados de Shakespeare são ''[[Ricardo III]]''' e as três partes de ''[[Henry V]]'', escritas em 1590, adiantados durante uma moda para o drama histórico. É difícil datar as primeiras peças de Shakespeare, mas estudiosos de seus textos sugerem que ''[[The Taming of the Shrew (peça teatral)|A Megera Domada]]'', ''[[The Comedy of Errors|A Comédia dos Erros]]'' e ''[[Titus Andronicus]]'' pertencem também ao seu primeiro período. Suas primeiras histórias, parecem dramatizar os resultados destrutivos e fracos ou corruptos do Estado e têm sido interpretadas como uma justificação para as origens da dinastia Tudor. Suas composições foram influenciadas por obras de outros dramaturgos isabelinos, especialmente [[Thomas Kyd]] e [[Christopher Marlowe]], pelas tradições do teatro medieval e pelas peças de [[Sêneca]]. ''A Comédia dos Erros'' também foi baseada em modelos clássicos.{{Carece de fontes}}
39 057

edições