Diferenças entre edições de "Epacta"

40 bytes adicionados ,  19h31min de 9 de dezembro de 2015
epacta
(ep)
(epacta)
{{Formatar referências|data=julho de 2014}}
{{mais fontes}}
<!-- Apresentação do conceito astronómico de Epacta em relação ao seu uso no calendário litúrgico -->
 
'''Epacta''' (palavra com origem na palavra [[Língua grega|grega]] '''ἐπακταί''', com o sentido de [dias] 'acrescentados' ou 'interpolados' que deu origem à palavra [[Latim|latina]] '''epactae''', ''-ārum,'' donde passou à língua portuguesa) é um conceito astronómico usado desde a [[antiguidade clássica]] para designar a idade da Lua em qualquer data ou dia do ano, ou também o número de dias que passaram desde a última [[Lua Nova]] ou novilúnio<ref>{{citar web|url=https://es.wikipedia.org/wiki/Epacta |título=Epacta |acessodata=6 de agosto de 2014 |publicado=Wikipedia|língua=espanhol }}</ref>. Embora o seu uso original venha da [[astronomia]], o seu uso alargou-se com os cristãos aos cálculos litúrgicos para anteciparmelhorar ao datacálculo da data do domingo de [[Páscoa]].
 
Como o valor médio de uma lunação é de cerca de 29 dias e meio<ref>Cf.[[Lua nova]] e [[Lunação]] - valor médio: 29 dias, 12 horas, 44 minutos e 2,9 segundos, ou 29,53 dias; valores extremos: 29 dias e 4 h e 29 dias e 22 h aproximadamente.</ref>, a idade da [[Lua]] pode variar entre '''1''' e '''30''' e as '''Epactas''' podem ser '''30''', no máximo.
Assim, se um ano qualquer, como aconteceu em [[2007]], tem a '''Epacta''' '''11''', no ano seguinte a diferença avança mais '''11''' e a '''Epacta''' será '''22''' ([[2008]]), e no ano seguinte a diferença avança mais '''11''' e a '''Epacta''' será '''3''' ([[2009]]). A soma indica '''33''' mas sempre que a soma com o valor anterior ultrapassa '''30'''<ref>O valor inteiro máximo de uma [[Lunação]].</ref> subtrai-se '''30''' ao valor encontrado.
 
Dada a diferença de valores entre o "ano lunar" e o "[[ano trópico|ano solar]]" podemos agora reparar que ao fim de 3 "anos solares" de 12 meses já temos '''36''' "meses solares" e '''37''' "meses lunares" (a diferença acumulado é de 33 dias de idade da Lua foi traduzida em um mês intercalado), sempre que queremos manter um valor aproximado entre as lunações e as estações ao ano, num [[calendário lunissolar]] como calendário juliano eclesiástico.
<!--
A solução mais antiga, e ainda hoje em uso, para manter suficientemente próxima essa relação entre as lunações e as estações ao ano, num [[calendário lunissolar]] é a do [[Ciclo metónico|Ciclo que Méton apresentou]] com '''19''' anos solares de 365 dias, com 12 meses cada e um total de '''228''' "meses solares", equivalente a '''235''' lunações ou "meses lunares", com mais '''7''' "meses lunares" que os número de "meses solares". Há, portanto, 7 anos no Ciclo de Meton que têm 13 meses lunares - anos abundantes -, em vez de 12 - anos normais -, o que ocorre sempre nos anos com o [[Número áureo nos calendários|Número áureo]] 2, 5, 8, 11, 13, 16 e 19<ref>{{citar web |url=http://www.nuestrocalendario.info |título=Nuestro Calendario. Una explicación científica, simple y completa del calendario lunisolar eclesiástico |acessodata=6 de agosto de 2014 |autor=Wenceslao Segura González |formato=pdf |páginas=39-44|língua=espanhol }}</ref>.
 
== Epacta e Letra dominical ==
É possível estabelecer um relação entre as [[Letra dominical|Letras dominicais]] de um ano e a '''Epacta''' e construir uma tabela com essa equivalência, mas um dos dados era suficiantesuficiente, e desde a [[Idade Média]], os calendários litúrgicos cristãos usavam preferencialmente o [[Número áureo nos calendários|Número áureo]] para antecipar o dia da [[Lua Nova]] em cada mês, não se referindo habitualmente à '''Epacta'''. Conhecer o [[Número áureo nos calendários|Número áureo]] e a [[Letra dominical]] de um qualquer ano era suficiente para calcular a data da [[Páscoa]] e encontrar a data de todas as festas móveis dela dependentes, cálculo esse que era simplificado muitas vezes com a apresentação de uma tabela com esses mesmos elementos<ref><sub>Cf. {{Citar livro |autor= Abraão Zacuto |autorlink=Abraão Zacuto |título=Alamach perpetuum |subtítulo=Reprodução em fac-símile (...) |idioma=latim|edição=1ª |local=Lisboa |editora=Imprensa Nacional - Casa da Moeda |ano=1986 |páginas=409-411 |coleção=Descoberta do Mundo |acessodata=13 de agosto de 2014 }}</sub></ref>. Até ao ano de 1582, o ano da reforma do [[Calendário gregoriano]], a relação entre a '''Epacta''' e o [[Número áureo nos calendários|Número áureo]] era simples, imediata e constante - conhecendo a '''Epacta''' sabia-se o [[Número áureo nos calendários|Número áureo]] e vice-versa.
<!--
* Tabela das Epactas correspondentes aos Números Áureos antes da correcção do [[Calendário gregoriano]] em [[1582]]
8 574

edições