Abrir menu principal

Alterações

76 bytes adicionados, 16h23min de 16 de dezembro de 2015
A definição foi aprimorada, pois a acetil-CoA não é resultado somente da oxidação total do piruvato, mas também de outras moléculas orgânicas.
[[Ficheiro:Acetyl-CoA-2D.svg|thumb|300 px|Representação da molécula de acetil-CoA.]]
 
A '''acetilcoenzima A''' (Acetil-CoA) é resultado da oxidação total do piruvato. Umum composto intermediário chave no [[metabolismo]] [[célula|celular]], constituído de um grupo [[acetila|acetilo]], de dois [[carbono]]s, unidos de maneira [[ligação covalente|covalente]] a [[coenzima A]]. A acetil-CoA é resultado da oxidação total de moléculas orgânicas como o piruvato, ácidos graxos e aminoácidos.
 
A transformação de piruvato, que se encontra no citosol, em Acetil-CoA se dá na mitocôndria. O processo que transforma o piruvato em Acetil-CoA se chama '''Descarboxilação oxidativa''', em que um grupo carboxila é retirado e liberado como CO2.
A acetilcoenzima A provém do metabolismo dos [[carboidrato]]s e dos [[lipídio]]s, e, em menor proporção, do metabolismo das [[proteína]]s, as quais, assim como os [[aminoácido]]s, podem alimentar o ciclo em outros locais diferentes que os do acetil.
 
OA Acetil Coa-CoA participa como intermediário do ciclo de Krebs, pois ao condensar-se ao oxaloacetato, forma o citrato. É neste ciclo que o acetil -CoA será totalmente oxidado a CO2, paralelo a produção de coenzimas reduzidas.
 
{{esboço-bioquímica}}
Utilizador anónimo