Diferenças entre edições de "TVS"

5 214 bytes adicionados ,  17h49min de 17 de dezembro de 2015
sem resumo de edição
m (Robô: A corrigir o redirecionamento duplo para SBT Rio)
{{Info/Rede de televisão
#REDIRECIONAMENTO [[SBT Rio]]
| nome = TV Studios
Em 1981, foi inaugurada a TVS Canal 4 de São Paulo (Nomenclatura
verdadeira: | TVnome Studio),completo pelo Grupo Silvio Santos, logo no começo = Studio Silvio Santos Cinema e Televisão Ltda.
| imagem = TVS_SBT.jpg
investe 60 milhões de cruzeiros com a emissora, a emissora prosperou também
| descricao = Histórico de logotipos da TVS de 1979 à 1990.
devido ao esforço de Manuel Soares de Nóbrega, grande amigo de Silvio, que se aproveito
| tipo = Rede de televisão comercial
do carisma de sua doença (?) para ajudar o animador de auditório. Logo começou
| país = {{BRA}}
à investir em comédias e serie com: Bacará 76 com Ronald Golias e Um Instante
| fundação = {{dtlink|14|5|1976}}
Maestro com Flávio Cavalcante e o Horóscopo com Zora Yonara, e também em
| fundador = [[Silvio Santos]]
programas infantis com, Bozo (Carlos Imperial )e Sessão Premiada.
| extinção = {{dtlink|1|1|1990}} (13 anos)
| pertence a = [[Grupo Silvio Santos]]
| proprietário = [[Paulo Machado de Carvalho]]<br /> Silvio Santos
| presidente = Luiz Sebastião Sandoval
| cidade de origem = {{BR-RJb}} [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]], [[Rio de Janeiro|RJ]]
| sede = [[Ficheiro:Bandeira da cidade do Rio de Janeiro.svg|20px]] [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]], [[Rio de Janeiro|RJ]]<br /> <small>Rua General José Cristino, 40 / Campo de São Cristóvão, 105 - [[São Cristóvão (bairro do Rio de Janeiro)|São Cristóvão]]
| estúdios = [[Ficheiro:Bandeira da cidade do Rio de Janeiro.svg|20px]] Rio de Janeiro, RJ<br /> <small>Rua General José Cristino, 40 / Campo de São Cristóvão, 105 - São Cristóvão</small><br /> [[Ficheiro:Bandeira da cidade de São Paulo.svg|20px]] [[São Paulo (cidade)|São Paulo]], [[São Paulo|SP]]<br /> <small>[[Manuel de Nóbrega|Teatro Manuel de Nóbrega]] - Rua Dona Santa Veloso, 575 - [[Vila Guilherme]] / [[Silvio Santos|Teatro Silvio Santos]] - Avenida General Ataliba Leonel, 1772 - [[Carandiru]]</small>
| slogan = ''Quem procura acha aqui''
| formato de vídeo = [[480i]] ([[Televisão de definição padrão|SDTV]])
| cobertura =
| emissoras próprias = {{BR-RJb}} [[TVS Rio de Janeiro]] <small>([[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]])</small><br /> {{BR-SPb}} [[TVS São Paulo]] <small>([[São Paulo (cidade)|São Paulo]])</small><br /> {{BR-SPb}} [[SBT Central|TVS Jaú]] <small>([[Jaú]])</small><br /> {{BR-SPb}} [[SBT RP|TVS Ribeirão Preto]] <small>([[Ribeirão Preto]])</small><br /> {{BR-DFb}} [[TVS Brasília]] <small>([[Brasília]])</small><br /> {{BR-RSb}} [[TVS Porto Alegre]] <small>([[Porto Alegre]])</small><br /> {{BR-PAb}} [[TVS Belém]] <small>([[Belém (Pará)|Belém]])</small>
| afiliadas = [[Lista de emissoras do Sistema Brasileiro de Televisão#Antigas afiliadas|ver lista completa]]
| nomes anteriores = [[Rede Tupi]] (1950-1980)
| afiliações = [[Rede de Emissoras Independentes|REI]] (1976-1989)
}}
A '''TV Studios''' (como [[acrônimo]]: '''TVS''') foi uma [[emissora de televisão]] [[brasil]]eira sediada nas cidades do [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]] e [[São Paulo (cidade)|São Paulo]]. Começou em [[1976]] como uma pequena emissora do canal 11 do Rio fundada pelo empresário carioca [[Silvio Santos]] e logo se expandiu, sendo que em [[1981]], Silvio consegue sua concessão de TV em São Paulo antes ocupada pela extinta [[TV Tupi]], formando assim uma cadeia nacional denominada de [[Sistema Brasileiro de Televisão]].
 
== História ==
=== Antecedentes ===
{{AP|História do Sistema Brasileiro de Televisão|Televisão no Brasil}}
Na [[década de 1970]], foi aberta a concorrência dos canais 9 de São Paulo e do Rio, respectivamente da [[Rede Excelsior]] e [[TV Continental]]. Silvio Santos se interessou, mas não conseguiu nenhuma. Na mesma época, 50% das ações da TV Record foram colocadas à venda e Silvio Santos as comprou. Ainda em busca de uma concessão própria, Silvio Santos foi capa e reportagem da Veja de maio de 1975, a revista destacou que "nas colunas especializadas em TV de alguns jornais avolumam-se os apelos de artistas e jornalistas para que a nova emissora seja entregue a Sílvio Santos. Ele teria, sobre a grande maioria dos empresários do ramo, uma vantagem que os artistas consideram fundamental: a de pagar em dia e corretamente seus funcionários". Silvio Santos se mostrava otimista em relação a concessão: "A minha televisão será diferente de todas as que existem. Não dependerá de Ibope". Em outubro de 1975, Silvio Santos venceu a concorrência para o Canal 11, do Rio de Janeiro, aberta pelo presidente Ernesto Geisel e em 22 de dezembro de 1975, o então Ministro das Comunicações, Euclides Quandt de Oliveira, concedeu o Canal 11 do Rio de Janeiro para Silvio Santos.
 
Segundo Silvio, na época em que alugava horários em rádios e TVs, conseguiu crescer e que isso "chamou a atenção do público e do governo", até ganhar sua primeira concessão de TV, em 1976, no Rio de Janeiro. Apesar de artistas e jornalistas terem declarado apoio a concessão da TVS para Silvio Santos, não foi todo mundo que achou correta a decisão da concessão dada pelo governo à Silvio Santos. Em entrevista à mesma revista Veja de 11 de agosto de 1976 (página 4), José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, então Superintendente da Rede Globo, afirmou: "Em vez de estimular a programação alternativa das minorias, concedeu-se um canal ao empresário Sílvio Santos, homem que por interesses comerciais que nada têm a ver com televisão corteja ostensivamente as camadas mais populares. Pela luta de Sílvio Santos, fica-se até feliz, mas pela grande luta da televisão brasileira é decepcionante, pois não estamos precisando de mais emissoras dirigidas à massa. (...) Nem o Silvio Santos acreditou no seu canal - assinou contrato com a Tupi. Quem vai acreditar?".
 
A declaração de Boni, "nem o Silvio Santos acreditou no seu canal...", teve uma explicação: quando saiu da Globo, Silvio Santos assinou com a [[TV Tupi]] para exibir seu programa dominical em rede nacional. Provavelmente, segundo Boni, o correto seria Silvio transmitir o programa apenas pela TVS.