Diferenças entre edições de "Permiano"

66 bytes adicionados ,  17h24min de 20 de dezembro de 2015
m
Correção "duração do periodo geológico"
m (Correção "duração do periodo geológico")
|sea level = Relatively constant at 60 m in early Permian; plummeting during the middle Permian to a constant 20 m in the late Permian.<ref>{{cite journal | author = Haq, B. U.| year = 2008| doi = 10.1126/science.1161648 | title = A Chronology of Paleozoic Sea-Level Changes | journal = Science | volume = 322 | pages = 64–68 | pmid = 18832639 | last2 = Schutter | first2 = SR | issue = 5898 |bibcode = 2008Sci...322...64H }}</ref>
}}
O '''Permiano''' ou '''Pérmico''' é um período geológico que se estende de 2015298,9 até± 20160,15 a 252,17 ± 0,06 milhões de anos. <ref>[[International Commission on Stratigraphy|ICS]], 2004</ref> É o último período da era [[Paleozóica]], após o período [[Carbonífero]] e antes do período [[Triássico]] do [[Mesozóico]]. O termo foi introduzido pela primeira vez em [[1841]] pelo [[geólogo]] [[Roderick Murchison]], em homenagem a [[Krai de Perm]], na [[Rússia]], onde [[estrato]]s do período foram originalmente encontrados.
 
O Permiano testemunhou a diversificação dos [[amniota]]s iniciais até os grupos ancestrais dos [[mamífero]]s, [[tartaruga]]s, [[Lepidosauria|lepidossauros]] e [[arcossauro]]s. O mundo na época era dominada por um único supercontinente conhecido como [[Pangea]], cercado por um oceano global chamado [[Pantalassa]]. As florestas extensas do Carbonífero havia desaparecido, deixando para trás vastas regiões de deserto árido no interior continental. [[Répteis]], que poderia lidar melhor com essas condições mais secas, predominaram no lugar de seus ancestrais os [[anfíbio]]s. O período Permiano (e a era Paleozóica) terminou com a maior extinção em massa na história do planeta Terra, em que cerca de 90% das espécies marinhas e 70% das espécies terrestres desapareceram. <ref>[http://www.sciencedaily.com/articles/p/permian-triassic_extinction_event.htm]</ref>
 
No [[Brasil]], a [[formação Irati]] pertence a este período. No [[Sudoeste]] do Rio Grande do Sul há uma área com [[fósseis]] do Permiano que datam a 270 milhões de anos. Merecendo destaque para o chamado ''[[Mesosaurus brasiliensis]]'', um pequeno réptil aquático encontrado pelo cientista alemão [[Alfred Wegener]], em 1911, cuja similaridade com a espécie sul-africana do fóssil o fez lançar as bases da teoria da [[deriva continental]].
 
== Descoberta ==
A flora é caracterizada pelo surgimento e pela proliferação das [[conífera]]s, que se tornam as plantas dominantes a partir deste período e se mantém até o período [[Cretáceo]], quando se dá a proliferação das [[angiosperma]]s.
 
Outras plantas comuns da época incluem [[cicadácea]]s e as chamadas [[Pteridospermatophyta|samambaias com sementes]], destas se destaca o gênero ''[[Glossopteris]]''. O fóssil mais antigo encontrado até hoje, do período Permiano, é de uma glossopteris''Glossopteris''.
 
== Fauna ==
A fauna terrestre do período se destacam um grupo de répteis que se acredita terem sido os ancestrais dos mamíferos e inclusive compartilhavam mais características com estes do que com os répteis atuais, os [[Synapsida|sinapsídeos]], os quais se dividiam em dois grupos principais: os [[Pelycosauria|pelicossáurios]] (mais primitivos e que se extinguiram ao final do período) e os [[Therapsida|terapsídeos]] (que sobreviveram incluso a [[Extinção do Permiano-Triássico|extinção massiva]] do final do período).
 
Nas águas doces havia anfíbios gigantes e no mar, tubarões primitivos, moluscos [[cefalópode]]s, [[braquiópode]]s, [[trilobita]]s (embora estes já haviam se tornado bem raros) e [[artrópode]]s gigantescos conhecidos como [[eurypterida|escorpiões marinmarinhos]]. As únicas criaturas voadoras do período eram insetos, muitos deles bem semelhantes as atuais [[libélula]]s (ex.: meganeropsis''Meganeuropsis permiana'').
 
<center><gallery>
<gallery>
Ficheiro:Eryops skeleton.png|''[[Eryops|Eryops megalocephalus]]''<br /> Um anfíbio [[labirintodonte]]<br /> Comprimento: 3 m
Ficheiro:Scutosaurus.jpg|''[[Scutosaurus|Scutosaurus karpinskii]]''<br /> Um réptil [[Anapsida|anapsídeo]]<br />Comprimento: 3,5 m
}}
{{Termina caixa}}
 
{{Bom interwiki|es}}
 
{{Esboço-geologia}}
251

edições