Diferenças entre edições de "Vitamina A"

1 byte removido ,  15h00min de 23 de dezembro de 2015
m
Desfeita(s) uma ou mais edições de 187.60.43.42, com Reversão e avisos.
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 187.60.43.42, com Reversão e avisos.)
Entre os carotenoides, o β-caroteno([[beta-caroteno]]) é o mais abundante em alimentos e o que apresenta a maior atividade de pró-vitamina A. Como o β-caroteno é simétrico e corresponde estruturalmente a duas moléculas de retinol, apresentando maior atividade pró-vitamínica A em relação a outros carotenóides. Existem duas vias para descrever a clivagem do β-caroteno em vitamina A: a central e a excêntrica. A principal via é a clivagem central catalisada pela enzima citossólica 15-15’β-caroteno oxigenase. Ela cliva o β-caroteno em sua ligação dupla central, obtendo retinal, que pode ser convertido reversivelmente em retinol ou irreversivelmente em acido retinóico. Já na via de clivagem excêntrica, a clivagem ocorre nas outras ligações duplas, exceto na central, formando β-Apo-carotenos com tamanhos diferentes de cadeia <ref>AMBROSIO, Carmem Lygia Burgos; CAMPOS, Florisbela de Arruda Camara e Siqueira; FARO, Zelyta Pinheiro de. Carotenóides como alternativa contra a hipovitaminose A. Rev. Nutr., Campinas, v. 19, n. 2, Apr. 2006 </ref>.
 
== Hipovitaminose_Hipovitaminose A ==
 
A hipovitaminose A, ou seja, a deficiência de vitamina A, acarreta [[xeroftalmia]], cegueira e morte de milhares de pessoas no mundo, principalmente crianças constituindo um dos principais problemas nutricionais de populações de países em desenvolvimento. A xeroftalmia é o nome genérico dado aos diversos sinais e sintomas oculares da hipovitaminose A. A forma clínica mais precoce da xeroftalmia é a cegueira noturna onde não se consegue boa adaptação visual em ambientes pouco iluminados; manifestações mais acentuadas da xeroftalmia são: