Diferenças entre edições de "Axel Oxenstierna"

378 bytes adicionados ,  16h45min de 23 de dezembro de 2015
sem resumo de edição
[[Ficheiro:Axel Oxenstierna 1635.jpg|right|200px|thumb|Axel Oxenstierna.]]
'''Axel Gustafsson Oxenstierna af Södermöre''' ([[Fånö]], [[16 de Junho]] de [[1583]] – [[Estocolmo]], [[28 de Agosto]] de [[1654]]) foi um [[nobre]] e [[políticoestadista]] [[Suécia|sueco]], [[conde de Södermöre]], membro do Conselho Real desde [[1609]] e [[Alto Senhor Chanceler da Suécia|Altochanceler Chancelerreal]] de [[1612]] até à sua morte.<ref>{{Citar livro |sobrenome= Ernby |nome= Birgitta |coautor=Martin Gellerstam, Sven-Göran Malmgren, Per Axelsson, Thomas Fehrm |título=Norstedts första svenska ordbok |subtítulo= |idioma= sueco |local= Estocolmo |editora= Norstedts ordbok |ano= 2001|páginas=793 |página= 462|capítulo=Axel Oxenstierna|isbn= 91-7227-186-8 |acessodata= }}</ref>
 
Foi um dos mais próximos colaboradores tanto do rei [[Gustavo II Adolfo da Suécia|Gustavo Adolfo]] como da sua filha, a rainha [[Cristina da Suécia|Cristina]], e é considerado um dos mais importantes personagens da história da Suécia, em grande parte devido ao seu importantíssimo papel político desempenhado durante a [[Guerra dos Trinta Anos]] ([[1618]] - [[1648]]), especialmente depois da morte do rei Gustavo Adolfo em [[1632]], e pela sua contribuição para os fundamentos do sistema administrativo sueco; foi ainda governador geral da [[Prússia]], ocupada pelos suecos durante a guerra.
 
Apesar de todas estas desavenças, opôs-e à abdicação da rainha em [[1654]], temendo que a Suécia poderia perigar pela natureza aventureira do novo rei [[Carlos X da Suécia|Carlos X]], mas as considerações mostradas pelo soberano para com ele levaram-no a reconciliar-se. Oxenstierna morreu em [[Estocolmo]] em [[28 de Agosto]] de [[1654]], com 71 anos.
 
{{Referências}}
 
== Bibliografia ==