Diferenças entre edições de "Paul Banks"

3 289 bytes adicionados ,  10h26min de 28 de dezembro de 2015
sem resumo de edição
 
[[Ficheiro:Paul Banks vocalista, Interpol (band).jpg|thumb|right|300px|Sacavém 5 Julho 2007,concerto Super Bock Super Rock]]
'''Paul Julian Banks''' (Clacton-on-Sea, [[Essex]], [[Inglaterra]], [[3 de maio]] de [[1978]])<ref>http://www.famousbirthdays.com/people/paul-banks.html (em inglês)</ref> é o cantor, letrista e [[guitarrista]] da banda [[Interpol_(banda)|Interpol]]. Além da banda, Paul Banks atua como artista solo sob o pseudônimo de Julian Plenti.
 
==Biografia==
 
Nascido na Inglaterra, sua família mudou-se para [http://en.wikipedia.org/wiki/Michigan Michigan] (EUA) quando ele tinha apenas 3 anos de idade. Depois, mudaram-se para [[Madrid]] e então para o [[Mexico|México]], onde Paul terminou a escola secundária na [http://en.wikipedia.org/wiki/American_School_Foundation American School Foundation]. Depois, ele estudou Ingles e Literatura na [http://en.wikipedia.org/wiki/New_York_University NYU], nos Estados Unidos.
 
Aclamado por sua criatividade e inteligencia, Paul Banks é considerado um dos melhores vocalistas da década de 2000, e possui uma das vozes mais marcantes da cena indie-rock.
 
===Interpol===
 
Banks se juntou à banda no verão de 1997, quando ele se deparou com [[Daniel Kessler]], com quem se encontrou em um programa de estudo no exterior, em [[Paris]]. Quando lhe pediram para se juntar a Interpol, Banks inicialmente recusou, mas depois de ouvir o tipo de música que eles estavam escrevendo, ele se juntou.<ref>http://www.muzplay.net/musica/paul-banks</ref>
 
A voz de Banks, estilo de cantar, e as letras têm sido fortemente em comparação com, principalmente, [[Ian Curtis]] dos [[Joy Division]]. Banks disse que ele não tenta imitar suas maiores influências, porque ele acha que não pode viver de acordo com eles, dizendo: "Eu nunca iria tentar cantar como [[Frank Black]] ou [[Kurt Cobain]],<ref>http://blitz.sapo.pt/paul-banks-interpol-os-nirvana-sao-a-razao-que-me-levou-a-ser-musico=f67689</ref> porque você simplesmente não pode fazer isso".
 
Desde a gravação do novo álbum do Interpol, [[El Pintor]], ele assumiu funções de baixo, e no novo videoclipe para a canção "All The Rage Back Home"<ref>http://www.mundolivrefm.com.br/interpol-lanca-clipe-para-primeira-musica-do-novo-disco/</ref> Banks pode ser visto tocando um [[Fender Precision Bass]].
 
===Projeto Solo===
 
Em agosto de 2009 Paul Banks lançou seu projeto solo, usando o pseudônimo Julian Plenti. O álbum foi intitulado [http://en.wikipedia.org/wiki/Julian_Plenti_is..._Skyscraper ''"Julian Plenti is...Skyscraper"''].
 
Um novo álbum solo com 5 cancões foi lançado em junho de 2012, intitulado ''"Julian Plenti Lives..."''. Foi disponibilizado 2 mil cópias em vinil e 1,5 mil em CD. O EP teve como primeiro single a canção inédita "Summertime Is Coming", além de contar com um cover de Frank Sinatra, ''"I'm a Fool to Want You"''.<ref>http://www.rollingstone.com.br/noticia/vocalista-do-interpol-anuncia-novo-ep/</ref>
 
===Intrumentos===
Durante os primeiros anos da [[Interpol (banda)|Interpol]], Banks geralmente tocava uma guitarra [[Les Paul Custom]] preta. Ele, então, começou a usar uma [[Jaguar Fender]] e uma [[Gibson Flying V]] (por um tempo com a palavra "breasts" soletrada para fora em fita branca sobre ela) para canções do álbum ''[[Our Love to Admire]]'' e sua Les Paul para canções do álbum ''[[Antics]]'' e ''[[Turn on the Bright Lights]]'', embora algumas músicas como "Obstacle 1" foram tocadas com Fender Jaguar por causa da impraticabilidade de comutação e canções como "Mammoth" foram gravados usando sua Les Paul, pela mesma razão. Paul Banks fez uso de sua Fender Jaguar como sua guitarra principal para a tour leg Our Love to Admire e também foi visto usando uma Gibson ES-135 para canções como "Not Even Jail", mas desde a tour leg de 2010, ele não tem sido visto usando desde o Jaguar ou Gibson ES-135 e só foi uma vez usando seu tradicional Les Paul, embora a Flying V pode ser visto no vídeo da música para "Barricade". Sua Gibson ES-135 no entanto, foi sua guitarra principal durante suas performances ao vivo como seu alter-ego ''Julian Plenti''. Recentemente, durante shows ao vivo de seu trabalho solo, ele vem desempenhando com uma [[Fender Stratocaster]] com dois captadores humbucker e uma posição única para a bobina, meio possivelmente para que ele não tenha que mudar de guitarras entre as músicas para os diversos sons em seus discos solo.
 
'''Seus pedais incluem''':
 
* BOSS TU-2
* Z.Vex Super Duper 2 in 1
* EHX Micro POG
* MXR Micro Amp
* MXR Bass Octave Deluxe
* Way Huge Swollen Pickle
* Ibanez TS9DX
* BOSS DN-2
* 2 MXR Carbon Copy Analog Delay (um conjunto em repetições mais elevadas)
 
'''Seus Pedais na Julian Plenti tour''':
* BOSS TU-2
* Way Huge Aqua-Puss
* BOSS DN-2
* EHX POG 2
* Blackstar HT Dual Tube Distortion
* MXR Carbon Copy
 
Desde ''[[Antics]]'' (2004), ele usa dois amplificadores [[Fender Pro Reverb]].
 
{{referências}}
Utilizador anónimo