Diferenças entre edições de "Pocahontas"

Sem alteração do tamanho ,  21h53min de 9 de janeiro de 2016
 
Os responsáveis pela colônia de Virgínia encontravam dificuldade em atrair novos colonos para Jamestown. Com o objetivo de encontrar investidores para assumir os riscos, usaram Pocahontas como uma estratégia de ''marketing'', tentando convencer os europeus de que os nativos poderiam ser "domesticados"; buscavam, desse modo, salvar a colônia. Em [[1616]], os Rolfes viajaram para a Inglaterra, chegando no porto de [[Plymouth]] e dirigindo-se para Londres em Junho de [[1616]]. Foram acompanhados por um grupo de onze nativos.
Pocahontas entreteve várias reuniões da sociedade. Ao chegar, Oo rei não queria recebê-la formalmente. Por isso, Smith, que estava em Londres, ao saber disso, escreveu uma carta ao rei contando como Pocahontas os havia salvo em Jamestown da fome, do frio e da morte. O rei, por causa disso, aceitou recebê-la.
Pocahontas e Rolfe viveram no subúrbio de [[Brentford]] por algum tempo. Em março de [[1617]], tomaram um navio e retornaram à [[Virgínia]]. No entanto, o navio havia somente chegado à [[Gravesend]], no [[Rio Tâmisa|rio Tâmisa]], quando Pocahontas ficou doente. A natureza da doença é desconhecida, mas [[pneumonia]], [[varíola]] ou [[tuberculose]] são os diagnósticos mais prováveis. Ao desembarcar, ela morreu. Seu funeral ocorreu em [[23 de Março]] de [[1617]], na paróquia de São Jorge, em Gravesend.
Em sua memória, foi erguida, em Gravesend, uma estátua de bronze em tamanho real.
3 555

edições