Diferenças entre edições de "Pomeranos"

476 bytes removidos ,  11h30min de 13 de janeiro de 2016
Desfeita a edição 44473774 de Pedro theis. Erros grosseiros de português, informação fora do contexto (os pomeranos não falavam o alto saxão, não sei por que está colocando isso no artigo)
(Adequando o texto a referência e indo para a página de discussão)
(Desfeita a edição 44473774 de Pedro theis. Erros grosseiros de português, informação fora do contexto (os pomeranos não falavam o alto saxão, não sei por que está colocando isso no artigo))
==Origens==
 
Os primeiros habitantes da Pomerânia foram tribos germânicas que migraram da [[Escandinávia]] antes de {{AC|100|x}} No {{AC|século V d.C.|x}}, essas tribos germânicas migraram para o oeste,leste e essa região voltou a ser ocupada porencontraram tribos eslavas ([[vendos]]) aque partir do leste, e colonizaramcolonizavam a região onde surgiu mais tarde ada Pomerânia. Nos séculos XII e XIII, dezenas de milhares de imigrantes chegaram de outras regiões da Alemanha, como [[Renânia]], [[Vestfália]], [[Baixa Saxônia]], [[Holsácia]], [[Meclemburgo]] e da [[Holanda]] e colonizaram a Pomerânia, estabelecendo aldeias alemãs entre os habitantes eslavos. Nesse processo, a língua e a cultura alemã dominaram a região e, no {{séc|XIV}}, os vendos da Pomerânia já haviam desaparecido completamente como resultado dos casamentos mistos.<ref name="pomerania">{{Citar web|url=http://www.genemaas.net/Pommern.htm|título =Pomerania|acessodata=27/11/2015}}</ref>
 
No {{séc|XIII}}, um grupo de comerciantes falantes do baixo-saxão, ao qual o pomerano pertence, formaram uma aliança mercantil conhecida como [[Liga Hanseática]]. Sua atuação espalhou-se por várias cidades portuárias da região do [[mar Báltico]] e o baixo-saxão tornou-se língua franca regional. Com a decadência da Liga Hanseática, o baixo-saxão perdeu seu status de língua internacional e passou a ser considerado um mero dialeto. No século XVI deu iniciou a reforma protestante com a tradução da Bíblia, e com base no [[Alto saxão]] que deu a origem a [[Língua alemã]] que conhecemos hoje na Alemanha.<ref>[http://portalypade.mma.gov.br/bblio-pomeranos?download=95:o-pomerano-uma-lingua-baixo-saxonica1 O POMERANO: UMA LÍNGUA BAIXO-SAXÔNICA1]</ref><ref>{{citar livro|nome = Carl|sobrenome = Gottlob Franke|título = Der Obersächsische Dialekt|ano = |isbn = }}</ref><ref>{{citar livro|nome = Barsa|título = Nova Enciclopédia Barsa 6ª ed|ano = 2002|isbn = 85-7518-003-7}}</ref>
 
A Pomerânia, assim como outras regiões alemãs, foi fortemente afetada pela [[reforma protestante]] e a região tornou-se predominantemente [[luteranismo|luterana]]. A [[Guerra dos Trinta Anos]] teve consequências nefastas na Pomerânia, pois cerca de 30% da população morreu. Antes da [[Unificação Alemã]], os pomeranos faziam parte da [[Prússia]].<ref name="pomerania"/>
No {{séc|XIX}}, assim como milhões de alemães, 330 mil pomeranos imigraram para os [[Estados Unidos]] e 30 mil para o [[Brasil]]. Nos EUA, eles não formaram comunidades isoladas, porém no Brasil foi possível a criação de comunidades fechadas, uma vez que as colônias teuto-brasileiras normalmente surgiram em regiões inóspitas e pouco habitadas.<ref name="Alemao"> Os Alemães no Sul do Brasil, Editora Ulbra, 2004 (2004)</ref> Atualmente, a língua pomerana é falada em cinco estados brasileiros, sobretudo nos estados do [[Espírito Santo (estado)|Espírito Santo]] (estimados em 120 mil), [[Rio Grande do Sul]] e [[Santa Catarina]]. O Brasil abriga, inclusive, mais falantes de pomerano do que a própria Alemanha, devido à extinção do idioma na Europa.<ref>[http://sites.unicentro.br/wp/lhag/files/2013/10/Beatriz-Hellwig-Neunfeld-e-Gianne-Zanella-Atallah.pdf MENINOS E MENINAS NO REGISTRO DA HISTÓRIA LOCAL: ESTABELECENDO UMA RELAÇÃO DO SEU PASSADO NO SEU PRESENTE]</ref>
 
*Entre 1871 e 1880, 61.700 pomeranos emigraram para a América.<ref name="Piskorski262">Jan M Piskorski, ''Pommern im Wandel der Zeiten'', p.262, ISBN 83-906184-8-6 {{OCLC|43087092}}</ref>
*Entre 1881 e 1890, 132.100 pomeranos emigraram para a América; 95.000 deles emigraram entre 1881 e 1885.<ref name=Piskorski262/>
*Entre 1891 e 1900, 56.700 pomeranos emigraram para a América.<ref name=Piskorski262/>