Diferenças entre edições de "Mamude de Gásni"

361 bytes adicionados ,  00h26min de 14 de janeiro de 2016
sem resumo de edição
[[Imagem:Mahmud and Ayaz and Shah Abbas I.jpg|thumb|uright|Mahmud de Gázni e Malik Ayaz]]
 
'''Yāmīn al-Dawlah Abd al-Qāṣim Maḥmūd Ibn Sebük Tegīn de Gázni''' ou, mais frequentemente, '''Mahmud de Gázni''' ({{langx|fa|محمود غزنوی||Maḥmūd-e Ghaznawī}}; [[Gázni]], {{dni|lang=pt|2|11|971|si}} — {{morte|30|4|1030}}), foi o governador do [[Império Gaznévida]] desde 997 ou 998 até à sua morte. Mahmud tornou a antiga capital da província de Gázni na mais rica cidade e capital de um extenso império, que incluiu o território pertencente ao actual [[Afeganistão]], uma parte do actual [[Irão]], bem como algumas regiões do noroeste do [[subcontinente indiano]], como o actual [[Paquistão]]. Foi igualmente o primeiro governador com o título de [[sultão]], que significou a sua quebra com a [[suserania]] do [[califa]]. Quando Mahmud de Ghazni conquistou a Índia, impôs o islamismo ao povo e adotou a prática de destruir todos os idolos. Em 1024, capturou Somnath. Fora da cidade havia um templo dedicado a Siva. Os sacerdotes daquele templo suplicaram-lhe que poupasse a deus deles. Em vez disso, ele o espedaçou - e de dentro da imagem derramou-se um tesouro impressionante.
 
== Fontes ==
Utilizador anónimo