Diferenças entre edições de "Benetton Formula"

1 266 bytes adicionados ,  09h59min de 21 de janeiro de 2016
 
== Principais pilotos da Benetton ==
* '''[[Teodorico Fabi|Teo Fabi]]''' - O milanês pilotou para as temporadas de 1986 e 1987. No ano de {{AnosF1|1986}}, estreia (1986) da equipe, conquistou duas poles (as primeiras para ao equipetime) e no segundo ano ({{AnosF1|1987)}} foi 3º colocado no [[Grande Prêmio da Áustria de 1987 (Fórmula 1)|GP da Áustria]] (o único pódio da equipe naquele ano e o último do piloto na categoria). noO [[Grande Prêmio da Austrália de 1997 (Fórmula 1)|GP da Austrália]], foi a última encerramentoprova de sua carreira.
* '''[[Gerhard Berger]]''' - Na terceira prova em 1986, o piloto austríaco foi ao pódio pela primeira vez (o primeiro da escuderia também) na carreira com o 3º lugar em [[Grande Prêmio de San Marino de 1986 (Fórmula 1)|San Marino]] e sua primeira vitória e também do time foi no [[Grande Prêmio do México de 1986 (Fórmula 1)|GP do México]] (antepenúltima prova). Voltaria ao time em {{AnosF1|1996}} e 1997. Nono segundo ano (em {{AnosF1|1997)}} venceu o [[Grande Prêmio da Alemanha de 1997 (Fórmula 1)|GP da Alemanha]], sua última vitória na categoria e também a última da escuderia anglo-italiana. A última prova na carreira do austríaco foi o [[Grande Prêmio da Europa de 1997 (Fórmula 1)|GP da Europa de 1997]], em [[Circuito Permanente de Jerez|Jerez]], na [[Espanha]].
* '''[[Alessandro Nannini]]''' - Também italiano teve o auge de sua curta carreira na Benetton durante os anos de 1988 e 1990, conquistando sua única vitória no [[Grande Prêmio do Japão de 1989]]. Em 1990 sofreu um acidente de helicóptero inutilizando seu braço durante anos e encerrando sua passagem pela Fórmula 1.
* '''[[Johnny Herbert]]''' - O piloto inglês estreou no [[Grande Prêmio do Brasil de 1989 (Fórmula 1)|GP do Brasil de 1989]] e logo de cara terminou a prova em 4º lugar. Fez(3 pontos) e fez ainda mais quatro corridas. Retornou ao time para as últimas duas provas do campeonato de {{AnosF1|1994}}: [[Grande Prêmio do Japão de 1994 (Fórmula 1)|Japão]] e [[Grande Prêmio da Austrália de 1994 (Fórmula 1)|Austrália]]. Em {{AnosF1|1995}} conquistou duasas vitórias:primeira vitória na carreira: [[Grande Prêmio da Inglaterra de 1995 (Fórmula 1)|Inglaterra]] e na [[Grande Prêmio da Itália de 1995 (Fórmula 1)|Itália]], o inglês terminou o campeonato em 4º lugar, a melhor classificação na sua longa carreira na categoria. Na temporada seguinte foi para a [[Sauber]].
* '''[[Nelson Piquet]]''' - Ele pilotou para oa timeequipe em {{AnosF1|1990}} e {{AnosF1|1991}}. Na fase mais "sossegada" de sua carreira, foi parceiro de seu grande amigo, o compatriota [[Roberto Pupo Moreno|Roberto Moreno]],.<br> eO tricampeão brasileiro protagonizou disputasuma espetaculares"fechada" ehistória engraçadasno cominglês [[Nigel Mansell]], na última volta da prova para vencer o "idiota[[Grande veloz"Prêmio da Austrália de 1990 (Fórmula 1)|GP da Austrália de 1990]], nao opiniãoGP dode brasileironúmero "500" da F-1. ConquistouO tricampeão teve três vitórias: [[Grande Prêmio do Japão de 1990 (Fórmula 1)|Japão]], Austrália de 1990 e a última no [[Grande Prêmio do Canadá de 1991 (Fórmula 1)|GP do Canadá em 1991]] após "dar um tchau" ao passar por Mansell, que acidentalmente desligou o carro enquanto acenava aos torcedores canadenses ao iniciar a volta final. Essa foi a última vitória do tricampeão nabrasileiro, que fez o [[Grande Prêmio da Austrália de 1991 (Fórmula 1)|GP da Austrália de 1991]], a prova de despedida da Fórmula 1.
* '''[[Roberto Pupo Moreno|Roberto Moreno]]''' - O brasileiro foi companheiro de Nelson Piquet na dobradinha brasileira da Benetton nas duas provas de {{AnosF1|1990}}: [[Grande Prêmio do Japão de 1990 (Fórmula 1)|Japão]] (2º lugar no único pódio da carreira) e [[Grande Prêmio da Austrália de 1990 (Fórmula 1)|Austrália]] no lugar do italiano Alessandro NanniniNannin (sofreu um acidente de helicóptero inutilizando seu braço e encerrando seu retorno na F-1), e mais onze provas da temporada de {{AnosF1|1991}} até o [[Grande Prêmio da Bélgica de 1991 (Fórmula 1)|GP da Bélgica]]; na etapa seguinte cedeu o lugar para Michael Schumacher.
* '''[[Michael Schumacher]]''' - O alemão que estreou e ''"assombrou''" com sua performance no [[Grande Prêmio da Bélgica de 1991 (Fórmula 1)|GP da Bélgica]] de 1991 na [[Jordan Grand Prix|Jordan]], foi para o [[Grande Prêmio da Itália de 1991 (Fórmula 1)|GP da Itália]] tomar de forma definitivaocupar o cockpit de Roberto Moreno nano time Benettonanglo-italiano. Em 1992 fez a primeira temporada completa e conseguindo a primeira vitória na carreira no [[Grande Prêmio da Bélgica de 1992 (Fórmula 1)|GP da Bélgica]]. Fechou o campeonatoFinalizou em 3º lugar superando [[Ayrton Senna]] por 3 pontos. Em 1993 venceu uma também e foi em [[Grande Prêmio de Portugal de 1993 (Fórmula 1)|Portugal]], mas em 1994 reservava ao jovem alemão de 25 anos o primeiro título da carreira, beneficiado talvez pela morte de Ayrton Senna, mas inegavelmente uma temporada perfeita vencendo 8 provas. 1995 seria ainda melhor com 9 vitórias e duas de [[Johnny Herbert]], ele conquista além do bicampeonato de pilotos, o campeonato de construtores (a única da escuderia). Foi também o maior pontuador da história da equipe com 303 pontos, e também o que mais correu, 68 GPs.
* '''[[Martin Brundle]]''' - Após correr por quatro equipes medianas e resultados de pouca expressão, o piloto inglês de 32 anos foi para o time anglo-italiano na temporada de {{AnosF1|1992}}. Na equipe ele conseguiu seus primeiros pódios de sua carreira. Terminou o campeonato em 5º lugar com 38 pontos, a sua melhor em toda a sua carreira. Em {{AnosF1|1993}} foi para a [[Ligier]].
* '''[[Jos Verstappen]]''' - O holandês estreou em 1994 na equipe correndo junto com Michael Schumacher no lugar do finlandês [[J.J. Lehto]], (que se acidentou nos testes de pré-temporada). Conseguiu dois pódios (dois terceiros) e mais um 5º lugar fazendo maioria dos pontos da sua carreira e fechando em 10º no campeonato. Seu desempenho não foi satisfatório para a equipe e ele teve que procurar outra escuderia para a temporada seguinte.
* '''[[Jean Alesi]]''' - A eterna promessa francesa correu com Gerhard Berger em 1996 e 1997, formando uma das duplas mais carismáticas da história da Fórmula 1. Não obteve vitórias, mas foi o segundo maior pontuador do time com 83 pontos. Foi para a Sauber em {{AnosF1|1998}}.
* '''[[Giancarlo Fisichella]]''' - Outra eterna promessa italiana, o recém-saído da [[Jordan Grand Prix|Jordan]] chegou no time em 1998. Teve sua melhor fase da carreira nela salvando a equipe da humilhação em seus últimos anos, para a felicidade dos fãs da escuderia. Conquistou com performances extraordinárias: sete pódios, 55 pontos e uma pole (a primeira do piloto na categoria e a última da equipe) na [[Grande Prêmio da Áustria de 1998 (Fórmula 1)|Áustria]] em 1998. Na temporada de 2001, foi 3º lugar no [[Grande Prêmio da Bélgica de 2001 (Fórmula 1)|GP da Bélgica]] (o último pódio da equipe ango-italiana na temporada de encerramento). Foi o segundo piloto com mais GPs na equipe com 66, apenas dois a menos que Schumacher, e é o que permaneceu mais tempo na equipe. Foi quatro anos: de {{AnosF1|1998}} até o final em {{AnosF1|2001}}.
 
{{Referências}}
54

edições