Difference between revisions of "Era espacial"

125 bytes removed ,  4 years ago
no edit summary
m
s{{Wikificação|data=abril de 2015}}
{{Sem-fontes|data=março de 2012| angola=| arte=| Brasil=| ciência=| geografia=| música=| Portugal=| sociedade=|1=|2=|3=|4=|5=|6=}}
{{Wikificação|data=abril de 2015}}
Pode considerar-se que a '''Era Espacial''' foi inaugurada em 1926, com o primeiro lançamento, nos EUA, pelo físico norte-americano Robert Hutchings Goddard, de um foguetão propulsionado a combustível líquido. O cientista ficou de igual modo considerado como um dos pioneiros da aeronáutica. Em 1931 surgia a teoria do Big Bang, da autoria do matemático e astrofísico Lemaître, sacerdote de nacionalidade belga, uma teoria relativista do universo em expansão, que depois seria retomada em 1940 pelo astrónomo norte-americano George Gamow. A Segunda Guerra Mundial congelou um pouco os esforços de exploração do espaço, ou a preparação científica para a mesma. Em 1947, a exploração espacial conhece um fator de animação, com a "visão" do primeiro Objeto Voador Não Identificado (OVNI), relatada nos EUA e inaugurando diversos números de outros "aparecimentos" por todo o mundo.
 
Os anos 50 a investigação científica com vista à exploração do espaço passa a ter um novo impulsionador, a União Soviética, que envereda por uma política de corrida espacial com os EUA, no âmbito da [[Guerra Fria]] que então despontava. Assim, em 1957, eram mesmo os soviéticos os primeiros a lançar no espaço o primeiro satélite artificial da Terra, o [[Sputnik 1]], que antecedeu um outro homónimo (o 2), desta feita tripulado pelo primeiro ser vivo colocado no espaço, a cadela Laika.
 
Em 1958 os EUA deram um significativo passo na pesquisa científica e nas iniciativas de exploração do espaço, com a fundação da National Aeronautics and Space Administration (NASA, com centros operacionais de maior destaque em Houston e no cabo Canaveral), que teria a responsabilidade de coordenar as investigações aeronáuticas e espaciais civis americanas. Neste mesmo ano já os norte-americanos tinham colocado também o seu primeiro satélite artificial no espaço, o Explorer 1, um satélite de comunicações. Mas volvidos três anos, seria a União Soviética a ganhar avanço na corrida ao espaço, ao colocar o primeiro ser humano em órbita, o astronauta soviético Yuri Gagarin, a bordo da nave espacial Vostok 1. Neste mesmo ano de 1961, responderiam os americanos com a colocação no espaço do astronauta Alan Shepard, que tripulava a nave Mercury III. No ano seguinte, 1962, os EUA lançariam o primeiro satélite de comunicações transatlânticas, o Telstar. A Era Espacial estava cada vez mais marcada pela Guerra Fria, sendo o espaço alvo de disputa e de grandes atenções políticas e avultados investimentos nos EUA e na ex-URSS, com a Europa ainda numa certa letargia espacial.